Document details

Selecção desportiva em jovens futebolistas masculinos : estudo do escalão de su...

Author(s): Pinho, Rui Pedro Lima cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10316/14241

Origin: Estudo Geral - Universidade de Coimbra

Subject(s): Jovem em risco; Prática desportiva -- jovem; Futebolista; Selecção desportiva


Description
Objectivo: O presente estudo tem como objectivo estudar o processo de selecção desportiva no escalão de sub-14 entre atletas de equipas regionais, seleccionados e não seleccionados, para as equipas representativas das associações distritais. Metodologia: A amostra é constituída por 70 futebolistas masculinos, divididos em três grupos: elite distrital da Associação de Futebol de Aveiro (AFA, n=22), elite distrital da Associação de Futebol de Coimbra (AFC, n=25) e nível local (n=23). Foram consideradas variáveis morfológicas (massa corporal, estatura, altura sentado, índice de massa corporal e soma de 4 pregas subcutâneas), de maturação (idade esquelética utilizando o método FELS), de desempenho funcional [agilidade (10x5 metros), força explosiva dos membros inferiores (salto estático e salto com contra movimento), endurance aeróbia (yo-yo), e capacidade anaeróbia (7 sprints)], e ainda as habilidades motoras específicas do futebol (controlo da bola, agilidade com bola, passe à parede e remate), a experiência desportiva (anos de prática federada na modalidade) e a orientação para o objectivo. A análise dos dados considerou as estatísticas de tendência central e de dispersão. Foi utilizada a ANOVA para testar o efeito do nível competitivo, sendo usada a análise da função discriminante para encontrar um conjunto restrito de variáveis capazes de reclassificar os futebolistas nos grupos iniciais. O nível de significância foi mantido em 5%. Resultados: Os jovens futebolistas de elite de Aveiro, quando comparados com os de nível local, são mais pesados (F=5.25, p≤0.05), mais altos (F=11.28, p≤0.01) mais ágeis (F=10.26, p≤0.00), mais fortes (impulsão vertical sem contra-movimento: F=10.26, p≤0.01), e mais aptos na aptidão anaeróbia (F=13.30, p≤0.01, para o melhor sprint; F=13.75, p≤0.01, para a média dos sete sprints). Adicionalmente, os jogadores da selecção da AFA praticam futebol há mais anos (F=6.84, p≤0.01), e são esqueléticamente mais velhos (F=12.62, p≤0.01), obtêm melhores resultados na prova de controlo da bola (F=7.74, p≤0.01) e no remate (F=12.44, p≤0.01). Não se observam diferenças entre os seleccionados da AFA e os futebolistas de nível local na idade cronológica, adiposidade, índice de massa corporal, salto com contra movimento, endurance aeróbia, índice de fadiga anaeróbia, M-Test (condução de bola), passe à parede e ainda na orientação para a realização de objectivos (tanto para a tarefa como para o ego). Entre os jogadores das selecções distritais da AFC e da AFA, existem diferenças na potência dos membros inferiores, avaliada sem contra movimento (F=4.94, p≤0.05), passe (F=7.92, p≤0.01), remate (F=6.41, p≤0.05) e orientação para o ego (F=9.28, p≤0.01). Os futebolistas da AFA são menos aptos na potência muscular e no passe, mas mais aptos na prova de remate e menos orientados para o ego. A função discriminante utilizada identificou a média melhor dos 7 sprints, a idade óssea, a prova do remate, e a estatura como os marcadores que melhor distinguem os atletas de elite distrital dos de nível local. A função discriminante reclassifica correctamente 87% da amostra. Conclusões: Os futebolistas de elite distrital distinguem-se dos seus pares de nível local em termos maturacionais, somáticos, funcionais e técnicos. O processo de selecção desportiva parece privilegiar o tamanho corporal e o estatuto maturacional, sugerindo que no futebol juvenil se exclui, sistematicamente, os jovens mais pequenos e/ou maturacionalmente atrasados. Objective: The aim of this essay is to study the selection process of the age group under 14, between athletes who are selected or non selected to present the regional soccer teams. Methods: The sample is composed by 70 young male, divided into three groups, and these are the athletes of Aveiro elite district level (n=22), Coimbra elite district level (n=25) and the athletes of local level (n=23). It was taken into consideration the following variables: Morphology (body weight, height, sitting height, body mass index and sum of the 4 skinfolds), maturation (skeletal age, using the FELS method and maturity offset), functional performance [agility (10x5 meters), explosive strength of the lower limbs (squat jump and counter movement jump), aerobic endurance (yo-yo), anaerobic capacity (7 sprints)], and even football specific skills [ball control, agility with the ball, wall pass test and shooting accuracy], the sports experience (years of federate practice), and goal orientation. The data analysis considered the statistics of central tendency and dispersion and the ANOVA was udes to test the effect of the competitive level, being used the discriminant function analysis in order to find a restricted group of variables capable of reclassifying footballers in the original groups. The significance level was kept at 5%. Results: When compared to those of local level the Aveiro young elite soccer players, are heavier (F=5.25, p≤0.05), taller (F=11.28, p≤0.01) and get performance in agility test (F=10.26, p≤0.00). They are also stronger (explosive power, given by the perform of Squat jump: F=10.26, p≤0.01), and with better anaerobic capacity (F=13.30, p≤0.01, for the best sprint; F=13.75, p≤0.01, for the seven sprints average). In addition, the Aveiro elite players, have more experince (F=6.84, p≤0.01), are advanced in maturity, (F=12.62, p≤0.01), are better in some soccer specific skills: ball control (F=7.74, p≤0.01) and shooting accuracy (F=12.44, p≤0.01). There are no significant differences between the Aveiro soccer players and local group, in chronological age, adiposity, body mass index, in the result of counter movement jump, aerobic endurance, and in goal orientation. Comparing the players who represent the Coimbra elite to Aveiro, there are differences in the explosive strength of lower limbs, evaluated with the squat jump (F=4.94, p≤0.05), wall pass (F=7.92, p≤0.01), shooting accuracy (F=6.41, p≤0.05) and ego orientation (F=9.28, p≤0.01). The Aveiro soccer players are less apt in the muscular power, in the wall pass and less ego orientated, but better in the soccer specific ability to shooting accuracy. The discriminant analysis identified the best average of the 7 sprints, the skeletal age, the wall pass and the stature, as the marking variables which better distinguish the elite district athletes from the local footballers. The discriminant function reclassifies correctly 87% of the sample. Conclusions: The elite district footballers distinguish themselves from their peers of local level in terms of maturity, functional and technique features. The process of sports selection tends to favour, body size and the maturity status, suggesting that, in youth football, smaller and/or late mature players are systematically excluded. Dissertação de mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens (Ciências do Desporto), apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Silva, Manuel João Coelho e; Figueiredo, António José Barata
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo