Detalhes do Documento

Atitudes dos educadores e professores dos Concelhos de Alijó, Murça e Vila Pouca de Aguiar na inclusão de alunos com paralisia cerebral

Autor(es): Borges, Nuno Jorge Alves cv logo 1

Data: 2011

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10437/1361

Origem: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Assunto(s): EDUCAÇÃO; EDUCAÇÃO ESPECIAL; INCLUSÃO ESCOLAR; PARALISIA CEREBRAL; EDUCATION; SPECIAL EDUCATION; SCHOOL INCLUSION; BRAIN PARALYSIS; MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO NA ESPECIALIDADE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E DOMÍNIO COGNITIVO E MOTOR


Descrição
A inclusão de alunos com Paralisia Cerebral, nas classes regulares, está intimamente ligada às atitudes dos professores. Com este estudo pretendo contribuir para um melhor conhecimento das atitudes dos professores dos Concelhos de Murça, Alijó e Vila Pouca de Aguiar, pertencentes ao Distrito de Vila Real, de modo a dar uma ajuda no esclarecimento de alguns aspectos relativos à inclusão no ensino regular de alunos com Paralisia Cerebral. Realizei um inquérito a 50 docentes da Educação Pré-escolar e 100 docentes do Ensino Básico, de forma a analisar alguns factores que podem influenciar as atitudes dos docentes perante a inclusão destes alunos nas classes regulares. Analisados os dados dos inquéritos e de uma forma geral, verifiquei que a maioria dos professores não possui formação na área da Educação especial, desconhecem ou não têm materiais didácticos adequados. A falta de recursos humanos e materiais condicionam muito a inclusão destes alunos. Assim sendo, seria benéfico para alunos e professores, o acesso dos docentes a formações sobre este tema, colocação nas escolas de mais técnicos especializados, aquisição de materiais específicos, para que se possa proporcionar/maximizar as potencialidades de cada aluno portador de paralisia cerebral.Orientador : Horácio Saraiva
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo