Detalhes do Documento

Retábulos no Baixo Tâmega e no Vale do Sousa : (séculos XVII-XIX)

Autor(es): Rodrigues, José Carlos Meneses cv logo 1

Data: 2004

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10216/14303

Origem: Repositório Aberto da Universidade do Porto

Assunto(s): Retábulo - séc. 17-19; Talha - séc. 17-19


Descrição
O estudo demarca quatro concelhos: Amarante, Felgueiras, Marco de Canaveses e Penafiel, cujas paróquias se integram na diocese do Porto, compreendendo os períodos do maneirismo, do barroco (nacional e joanino), rococó e neoclássico. Subdivide-se em três partes: I. A arte da talha; II. Os retábulos existentes: mores, colaterais e capelas laterais; III. Os retábulos deslocados (exterior e internamente). Exressam-se obras identificadas e não identificadas, na sua maior parte, e define-se a via erudita pela influência das escolas do Porto, Braga e Guimarães; o periférico revela-se nas escolas de Penafiel e Amarante. A dominância do barroco é sublinhada nos retábulos existentes, imperando a receptividade ao nacional na mobilidade externa e o maneirismo e o nacional na interna. As adulterações detectadas impõem um diálogo institucional conjugado entre a Igreja, o Estado e a Escola para a reposição possível da arte da talha, rememorando determinações do Concílio de Trento.
Tipo de Documento Tese de Doutoramento
Idioma Português
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.