Document details

A metaficção historiográfica em Ragtime : outras vozes, novas leituras

Author(s): Teixeira, Maria Rosa Machado cv logo 1

Date: 1997

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10216/18125

Origin: Repositório Aberto da Universidade do Porto

Subject(s): Literatura americana - séc. 20 - Estudos críticos; Metaficção; Ironia; Ambiguidade; Paródia


Description
Esta dissertação tem como objectivo o estudo do romance Ragtime de E.L. Doctorow, filiando-o num contexto pós-modernista, o que desde logo nos remeterá para o esbatimento de fronteiras entre entidades anteriormente tidas como opostas e perfeitamente delimitadas, como sejam a história e a ficção, o passado e o presente, o individual e o colectivo, o privado e o público, a cultura elitista e a cultura popular. Ao designarmos Ragtime como "metaficção historiográfica" estamos a eleger a paródia como instrumento que, paradoxalmente, questiona e recria um mundo passado, oferecendo assim uma versão alternativa da história, em que os seus "silenciados" - as mulheres, os negros, os imigrantes - adquirem voz, o que resulta numa tensão entre história e ficção. Desta posição paródica decorre, ainda um repensar da relação do passado com o presente, o que nos pode levar a uma questionação desse passado, bem como a um comentário crítico ao presente.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents


    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia