Detalhes do Documento

Distribuição espacial dos povoados fortificados no I milénio a.C. no Alto Ave

Autor(es): Fernandes, Orlando Miguel Fonseca cv logo 1

Data: 2010

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10216/55376

Origem: Repositório Aberto da Universidade do Porto

Assunto(s): Castros - Rio Ave (Portugal)


Descrição
Os povoados fortificados, da Idade do Feno, distribuídos ao longo das principais bacias hidrográficas dos rios do Noroeste Peninsular, sendo estas as principais vias de comunicação entre o litoral e o interior, implantavam-se em posições estratégicas de defesa. Esta fixação deve-se às constantes mudanças económicas incentivadas pelas influências centro-europeias e meditenâneas ocorridas ao longo do r. milénio a.C. O alto Ave conta com 22 povoados fortificados. Desta contagem, a Citânia de Briteiros é a estação arqueológica mais estudada e, como tal, em muito contribui para o desenvolvimento do estudo da proto-história no Noroeste Peninsular. Este povoado, tido como lugar central, é um bom exemplar dos constantes contactos entre os indígenas e os romanos, apresentando uma elevada concentração populacional, organizada em núcleos habitacionais. O Castro de Lanhoso, rico em objectos arqueológicos, das intervenções arqueológicas a que foi sujeito, destaca-se a descobelia de uma estátua sedente em granito, possivelmente feminina, tida como funerária, já sem rosto.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.