Detalhes do Documento

O circo eterno : grotesco e expressionismo em A morte do palhaço e o mistério da árvore de Raul Brandão

Autor(es): Silva, Maria Inês Castro e cv logo 1

Data: 2011

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10216/57060

Origem: Repositório Aberto da Universidade do Porto

Assunto(s): Literatura portuguesa - Expressionismo


Descrição
A obra A Morte do Palhaço e o Mistério da Árvore (1926), da autoria de Raul Brandão, estrutura-se a partir de diversos traços expressionistas, com destaque para a figura do Palhaço. Motivo recorrente da estética expressionista, o Palhaço manifesta de forma singular a deformação grotesca que constitui um dos traços mais elementares do Expressionismo. Aliando o tópico da mascara à deformidade, é possível aproximar o grotesco da condição humana, reposicionando assim o lugar não-humano histórica­ mente reservado para esta categoria estética. A angustia e a morte, fazendo inevitavelmente parte do universo brandoniano, não deixam de estabelecer estreitas relações com o grotesco, contribuindo para uma configuração disfórica, tao cara a Raul Brandão.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados