Document details

Estudo descritivo e comparativo dos níveis de aptidão física e dos hábitos nutr...

Author(s): Duarte, Margarida José César Osório Silva cv logo 1

Date: 2004

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10216/9539

Origin: Repositório Aberto da Universidade do Porto


Description
Vários estudos tentaram, na actividade desportiva, estabelecer as relações entre a nutrição, composição corporal e aptidão física, mas os conhecimentos nesta área, especialmente nas populações portadoras de Deficiência são escassos e de difícil consecução.Pretendeu-se, com este estudo, contribuir para um conhecimento mais aprofundado dos hábitos nutricionais dos atletas com Deficiência Mental (DM), da Selecção Nacional de Atletismo e Basquetebol (Feminino e Masculino) da ANDDEM (Associação Nacional de Desporto para a DM) e tentar vislumbrar eventuais correlações com as componentes de aptidão física (aptidão aeróbia e muscular) e o Índice de Massa corporal (IMC).A amostra foi constituída por um total 60 atletas, 34 do Atletismo (22 do sexo Masc. e 12 do sexo Fem.) e 26 do Basquetebol (17 do sexo Masc. e 9 do sexo Fem.). Mediram-se o peso e a altura, e a partir destes determinou-se o IMC. A aptidão física foi avaliada a partir da bateria de testes FACDEX (1991). O estudo foi complementado com o questionário QMAD - questionário da motivação para as actividades desportivas, que é uma das vertentes do projecto FACDEX (Serpa e Frias, 1990). O padrão alimentar foi obtido com a aplicação de um Registo Diário da alimentação, durante 7 dias, fornecido pelo Serviço de Higiene e Epidemiologia da Faculdade de Medicina do Porto - UP, cujos dados foram tratados no programa informático "The Food Processor Plus", versão 5.03, com uma adaptação ao consumo alimentar em Portugal.Os procedimentos estatísticos utilizados foram a média, o desvio-padrão, a amplitude variação, o t-teste e a ANOVA. O nível de significância estatística foi mantido em 5%.Os principais resultados e conclusões foram as seguintes: 1. A análise antropométrica permitiu verificar diferenças no peso e altura entre sexos no Basquetebol. No Atletismo, os sexos somente se diferenciaram na altura. O IMC não diferencia os sexos em cada modalidade. Agrupando os sexos dentro de cada modalidade verifica-se que a subamo ... Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto, especialização em Actividade Física Adaptada, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto de Educação Física da Universidade do Porto.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents

No related documents