Document details

Estudo das dificuldades encontradas em 2000 pelos alunos na resolução da prova ...

Author(s): Guerra, Maria José da Cruz Nunes cv logo 1

Date: 2002

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.12/1277

Origin: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Subject(s): Psicologia educacional; Matemática; Aprendizagem; Constructivismo; Ensino; Dificuldades de aprendizagem; Educational psychology; Mathematics; Learning; Constructivism; Teaching; Learning difficulties


Description
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional Esta dissertação é um estudo sobre as dificuldades e os erros dos alunos do 4o ano de escolaridade na realização de 14 itens das provas de aferição de Matemática de 2000, que tinham revelado mais dificuldade. Na análise das concepções e dificuldades dos alunos tivemos como referência os estudos de vários autores, nomeadamente Piaget, Vergnaud, Vygotsky, Brissiaud, Borasi, entre outros. Vergnaud (1986) chama a atenção para a importância da análise dos erros, pois estes fornecem indicadores do modo como se está a desenrolar o conhecimento. Borasi (1987) considera os erros como meios poderosos de diagnóstico das dificuldades de aprendizagem, podendo ser utilizados como instrumentos educacionais no ensino da matemática. O estudo é um estudo descritivo, com uma preocupação secundária de comparação entre escolas de meio rural e de meio urbano. A amostra é constituída por 118 alunos de 7 escolas da zona interior centro do país. A amostragem das escolas foi de conveniência. As idades variaram entre 9 e 12 anos, mas a maioria tinha 10 anos. Os instrumentos utilizados foram a entrevista individual de tipo piagetiano audiogravada, e um questionário, constituído por 10 questões. A análise dos resultados foi realizada tendo em conta simultaneamente as produções escritas e os protocolos resultantes das entrevistas. Oito dos 14 itens foram sujeitos a uma análise de conteúdo. As respostas dos alunos aos questionários foram também objecto de uma análise de conteúdo. As dificuldades encontradas residiram em: i) identificar números com zeros em posições intermédias; ii) descrever, com rigor, sólidos geométricos; iii) utilizar a noção de perímetro; iv) converter unidades de medida; v) realizar operações com números decimais; vi) utilizar processos sistemáticos na contagem de possibilidades em exercícios que envolviam a combinação de vários objectos segundo uma regra enunciada. O estudo termina com a apresentação de algumas implicações, tanto a nível pedagógico como a nível de futuras investigações.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia