Document details

O comportamento agressivo em humanos: Instrumentos de medida, diferenças sexuai...

Author(s): Machado, Sónia V. cv logo 1

Date: 2003

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.12/622

Origin: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Subject(s): Etologia; Comportamento agressivo; Instrumentos; Emoções; Agressividade; Raiva; Ethology; Aggressive behaviour; Emotion; Agressiveness; Anger


Description
Dissertação de Mestrado em Etologia O tema abordado ao longo deste trabalho é a agressividade em seres humanos. Este foi escolhido entre tantos outros possíveis devido à necessidade de dispor de medidas válidas para estudar adequadamente este tipo de comportamento. Espera-se que, em complementaridade com outras técnicas, os instrumentos utilizados nesta dissertação possam contribuir de algum modo para a resolução das necessidades sentidas neste âmbito. Começa-se com uma introdução baseada na literatura acerca do Homo sapiens, pelas dificuldades conceptuais existentes associadas à agressividade, como se manifesta esta e quais são os elementos que a constituem, nomeadamente as suas componentes comportamental, cognitiva, e emocional. Os objectivos do estudo são apresentados no final desta introdução e são eles: - Validar duas escalas de medida do comportamento agressivo para a população portuguesa. - Investigar diferenças entre os sexos na agressividade, e o efeito da idade neste tipo de comportamento. Para isso este trabalho encontra-se dividido em dois estudos. No estudo 1 é tratado o primeiro objectivo, e no estudo 2 investiga-se a existência das diferenças sexuais. Na secção seguinte são expostos os métodos utilizados para operacionalizar estes objectivos, a caracterização das amostras, as variáveis, a recolha dos dados e o procedimento seguido. Na parte III e IV apresenta-se os resultados, a respectiva discussão dos mesmos e algumas conclusões possíveis tentando comparar aqueles com o conhecimento referido na literatura a este respeito. Nesta última secção ficam ainda algumas sugestões consideradas com interesse para a investigação no futuro, e para a reflexão acerca deste ser humano que "estando condenado a ser livre, carrega aos ombros o peso do mundo inteiro: é responsável pelo mundo e por si mesmo enquanto maneira se ser" (Sartre, O ser e o nada, p.678, 1998). Sem mais alongar este pretenso resumo avança-se para o corpo do trabalho propriamente dito.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Oliveira, Rui Filipe
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia