Detalhes do Documento

Dominância e atracção social num grupo de macacos-verdes (Cercopithecus aethiops) em cativeiro

Autor(es): Daniel, João Rodrigo cv logo 1 ; Santos, António José cv logo 2 ; Vicente, Luís A. cv logo 3

Data: 2008

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.12/90

Origem: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Assunto(s): Macacos-verdes; Catagem; Atracção social; Apoio agonístico


Descrição
Dados de interacções de catagem, recolhidos durante quatro meses de observações directas, de um grupo de macacos-vervet (Cercopithecus aethiops) em cativeiro, no Jardim Zoológico de Lisboa, foram utilizados para testar o modelo clássico de Seyfarth (1977) de atracção por indivíduos dominantes. Cada indivíduo foi observado um total de 10.5 horas, através de amostragens focais. Todas as ocorrências de comportamentos agonísticos foram também registadas. A análise dos resultados confirmou que nas fêmeas a catagem é dirigida para cima na hierarquia, apesar de a troca de catagem por apoio agonístico não ser o princípio subjacente a esta atracção. Considerando a teoria dos mercados biológicos, o facto de as díades serem altamente não recíprocas em termos do investimento feito na catagem, parece sugerir que outras comodidades, para além do apoio agonístico, estão a ser trocadas.
Tipo de Documento Artigo
Idioma Português
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados