Document details

A qualidade de vida dos doentes com insuficiência respiratória crónica submetid...

Author(s): Saraiva, Cristina Maria da Silva cv logo 1

Date: 2003

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.12/907

Origin: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Subject(s): Psicologia social; Qualidade de vida; Instrumentos; Saúde; Doença respiratória; Doença crónica; Health psychology; Quality of life; Instruments; Health; Lung disorders; Chronic disorders


Description
Dissertação de Mestrado em Psicologia da Saúde A Ventilação Não invasiva (VNl) associada à Oxigenoterapia de Longa Duração (OLD) tem sido largamente usada, na última década do século XX, em situações clínicas com compromisso respiratório crónico para correcção das síndromes hipoventilatórias. O principal objectivo deste estudo foi averiguar em que medida a VNl influencia a Qualidade de Vida (QDV) dos doentes com Insuficiência Respiratória Crónica (IRC) estabilizada. A amostra é constituída por 92 participantes distribuídos por três grupos sendo a média de idade de 66,51 anos, compreendidas entre os 47 e 85 anos de idade. O Grupo A, constituído por 31 participantes, que fazem parte da população saudável; o Grupo B, também constituído por 31 participantes com o diagnóstico de IRC a fazerem OLD e o Grupo C constituído por 30 participantes com o diagnóstico de IRC a fazerem VNl por Pressão Positiva (VNPP). A maioria dos participantes são maioritariamente do sexo masculino (85,87%), sendo respectivamente 26 homens e 5 mulheres do Grupo A; 27 homens e 4 mulheres do Grupo B e 26 homens e 4 mulheres do grupo C. A amostra do Grupo A foi intencional e recolhida da população saudável e os restantes participantes do Grupo B e C, são utentes de diferentes serviços do Departamento de Pneumologia do Hospital de Pulido Valente, em Lisboa. O desenho de investigação é observacional-descritivo, comparativo e transversal. A QDV foi avaliada através da aplicação de dois questionários, o Questionário de Estado da Saúde (SF-36) e o St. George's Respiratory Questionnaire (SGRQ) específico para doentes com obstrução das vias aéreas. Na avaliação da QDV entre os grupos com IRC estabilizada a fazerem OLD e VNI, verificou-se que não existem diferenças significativas, excepto na dimensão Saúde Mental. Os resultados demonstraram que a VNl em doentes com IRC em estádio avançado da sua doença, tem efeitos benéficos unicamente numa das dimensões de Qualidade de Vida, nomeadamente na dimensão Saúde Mental.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Ribeiro, José Luís Pais
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo