Document details

Políticas e processos de formação contínua em contexto : o caso do Programa Nac...

Author(s): Raposo, Alexandrina cv logo 1 ; Mira Leal, Susana cv logo 2

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.3/540

Origin: Repositório da Universidade dos Açores

Subject(s): Desenvolvimento Profissional; Ensino do Português; Formação Contínua em Contexto


Description
A expansão e institucionalização da formação contínua de professores são realidades recentes em Portugal. Todavia, a sua afirmação é crescente, quer por força das continuamente renovadas exigências sociais, culturais e tecnológicas, de âmbito nacional e internacional, quer pela necessidade de mobilizar e preparar os professores para o desenvolvimento das reformas educativas ou curriculares empreendidas, quer pela urgência de mudança nas práticas pedagógicas, em face dos resultados de estudos e estatísticas nacionais e internacionais (The Reading Literacy Study, 1985-1994; A Literacia em Portugal, 1996; Pisa 2000 e 2003, provas de aferição 2000-2005; exames nacionais do 9.º ano de 2005, …). A formação contínua designa um conjunto alargado e diversificado de actividades formativas em que os professores se envolvem com vista ao seu desenvolvimento profissional e pessoal. As perspectivas actuais apontam para o empreendimento de percursos de formação situados nas escolas, orientados para as práticas de ensino-aprendizagem e assentes numa pedagogia de análise, experimentação e reflexão, construída pelo diálogo entre os intervenientes: formandos, formadores, responsáveis pelas escolas, docentes-investigadores do ensino superior, entre outros. Na senda destas preocupações, e em face dos sucessivos diagnósticos de défice de competências de compreensão e expressão em língua portuguesa dos alunos, o Ministério da Educação lançou, em 2007, o Programa Nacional de Ensino do Português no 1.º Ciclo do Ensino Básico. Assumindo como objectivo central «melhorar os níveis de compreensão de leitura e de expressão oral e escrita em todas as escolas do 1.º ciclo, num período entre quatro a oito anos, através da modificação das práticas docentes do ensino da língua» (Despacho nº 546/07, de 11 de Janeiro, ponto 3), o PNEP desencadeou um processo nacional de formação em contexto dos professores do 1.º Ciclo, concretizado em articulação com as escolas, os agrupamentos de escolas e os estabelecimentos de ensino superior com responsabilidades na formação inicial de professores. Neste trabalho, propomo-nos dar conta de um estudo em desenvolvimento no distrito de Viana do Castelo, com o objectivo de, entre outras coisas, compreender o impacto de modelos de formação contínua em contexto, como o PNEP, na promoção da reflexão sobre as práticas pedagógicas, da sua transformação e do desenvolvimento profissional dos professores. O estudo combina metodologias de natureza quantitativa e qualitativa: entrevistas semi-estruturadas aos formadores residentes e ao Coordenador do PNEP no distrito, e inquéritos por questionário aos professores em formação naquele, sendo já possível dar conta de alguns dos dados colhidos no contexto. Comunicação apresentada no IX Colóquio sobre Questões Curriculares / V Colóquio Luso-Brasileiro, sob o tema "Debater o Currículo e seus Campos - Políticas, Fundamentos e Práticas", realizado no Porto em 21, 22 e 23 de Junho de 2010.
Document Type Conference Object
Language Portuguese
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo