Document details

Políticas e processos de formação contínua em contexto : o caso do Programa Nac...

Author(s): Raposo, Alexandrina cv logo 1 ; Mira Leal, Susana cv logo 2

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.3/540

Origin: Repositório da Universidade dos Açores

Subject(s): Desenvolvimento Profissional; Ensino do Português; Formação Contínua em Contexto


Description
Comunicação apresentada no IX Colóquio sobre Questões Curriculares / V Colóquio Luso-Brasileiro, sob o tema "Debater o Currículo e seus Campos - Políticas, Fundamentos e Práticas", realizado no Porto em 21, 22 e 23 de Junho de 2010. A expansão e institucionalização da formação contínua de professores são realidades recentes em Portugal. Todavia, a sua afirmação é crescente, quer por força das continuamente renovadas exigências sociais, culturais e tecnológicas, de âmbito nacional e internacional, quer pela necessidade de mobilizar e preparar os professores para o desenvolvimento das reformas educativas ou curriculares empreendidas, quer pela urgência de mudança nas práticas pedagógicas, em face dos resultados de estudos e estatísticas nacionais e internacionais (The Reading Literacy Study, 1985-1994; A Literacia em Portugal, 1996; Pisa 2000 e 2003, provas de aferição 2000-2005; exames nacionais do 9.º ano de 2005, …). A formação contínua designa um conjunto alargado e diversificado de actividades formativas em que os professores se envolvem com vista ao seu desenvolvimento profissional e pessoal. As perspectivas actuais apontam para o empreendimento de percursos de formação situados nas escolas, orientados para as práticas de ensino-aprendizagem e assentes numa pedagogia de análise, experimentação e reflexão, construída pelo diálogo entre os intervenientes: formandos, formadores, responsáveis pelas escolas, docentes-investigadores do ensino superior, entre outros. Na senda destas preocupações, e em face dos sucessivos diagnósticos de défice de competências de compreensão e expressão em língua portuguesa dos alunos, o Ministério da Educação lançou, em 2007, o Programa Nacional de Ensino do Português no 1.º Ciclo do Ensino Básico. Assumindo como objectivo central «melhorar os níveis de compreensão de leitura e de expressão oral e escrita em todas as escolas do 1.º ciclo, num período entre quatro a oito anos, através da modificação das práticas docentes do ensino da língua» (Despacho nº 546/07, de 11 de Janeiro, ponto 3), o PNEP desencadeou um processo nacional de formação em contexto dos professores do 1.º Ciclo, concretizado em articulação com as escolas, os agrupamentos de escolas e os estabelecimentos de ensino superior com responsabilidades na formação inicial de professores. Neste trabalho, propomo-nos dar conta de um estudo em desenvolvimento no distrito de Viana do Castelo, com o objectivo de, entre outras coisas, compreender o impacto de modelos de formação contínua em contexto, como o PNEP, na promoção da reflexão sobre as práticas pedagógicas, da sua transformação e do desenvolvimento profissional dos professores. O estudo combina metodologias de natureza quantitativa e qualitativa: entrevistas semi-estruturadas aos formadores residentes e ao Coordenador do PNEP no distrito, e inquéritos por questionário aos professores em formação naquele, sendo já possível dar conta de alguns dos dados colhidos no contexto.
Document Type Conference Object
Language Portuguese
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia