Document details

Gratidão : um estudo longitudinal sobre o impacto pessoal e relacional

Author(s): Alves, Ana Filipa Almeida Matias de Vasconcelos cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/3050

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Gratidão; Bem-estar subjectivo; Relações inter-pessoais; Psicoterapia; Teses de mestrado - 2010


Description
A gratidão é algo que pertence à nossa realidade enquanto seres humanos e pode ser concebida como uma resposta positiva a um benefício proporcionado por uma entidade exterior, daí que seja pertinente perceber de que modo influencia a vida daqueles que a praticam. Neste estudo pretende-se perceber de que modo a realização do “Exercício da carta de gratidão” afecta os indivíduos a nível pessoal e relacional, tanto na altura da realização do mesmo, como aproximadamente um ano depois. Pretende-se ainda perceber se a actividade de expressar gratidão foi incorporada na vida dos indivíduos, por que motivos e de que modo. Para o efeito foram realizadas 5 entrevistas, tendo-se recorrido ao método qualitativo da análise de conteúdo para interpretação dos resultados. Estes permitem concluir que a gratidão facilita essencialmente o bem-estar subjectivo e o fortalecimento das relações a curto prazo, efeitos que embora se verifiquem a longo prazo não são, todavia, tão fortes. Por outro lado, este exercício potencia um aumento dos hábitos de expressão de gratidão, essencialmente pelo seu efeito a nível relacional, embora os indivíduos optem por uma expressão oral, por oposição à escrita. Gratitude has always been a part of our reality as human beings and can be conceived as a positive response to a benefit enabled by external entity. Therefore, it is of pertinence to try to understand how gratitude influences the lives of those who put it into practice. In this study we try to understand how the execution of the “Gratitude letter exercise” affects individuals on a personal and relationship level, both by the time of its execution and about one year later. Moreover, we try to understand if the activity of expressing gratitude was incorporated in the individuals’ lives, for what reasons and in what way. With this purpose 5 interviews were made and the results subsequently interpreted according to the method of qualitative content analysis. From the results we can conclude that gratitude facilitates mostly the experience of subjective well-being and strengths relationships on a short run. Though these effects can also be observed on a long run, they are weaker. On the other hand, it enables an increase in the frequency that individuals express gratitude, mostly because of its effect in terms of relationships, despite doing it more through oral expression than written. Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Marujo, Helena Águeda, 1958-
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents