Document details

Teoria das Opções Reais: Uma Abordagem Estratégica na Análise de Investimentos

Author(s): Magalhães, Daniel Jorge Quintas cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10348/606

Origin: Repositório da UTAD

Subject(s): Opções Reais; Investimento e Incerteza


Description
A turbulência dos mercados, irreversibilidade, incerteza e timing dos investimentos tem motivado os investidores numa procura incessante por novas metodologias de análise, para as decisões de investimento. Há, uma preocupação crescente na alocação de recursos em projectos que venham a criar opções às empresas, ao invés de “matá-las”, tornando-as, desta forma, mais flexíveis. Neste contexto, o uso estático das técnicas tradicionais de avaliação de investimentos, principalmente o Discount Cash Flow (DCF), tem sofrido duras críticas, levando à procura por métodos mais sofisticados de avaliação de investimentos que sejam capazes de lidar com a incerteza, a irreversibilidade e a aprendizagem utilizando uma metodologia dedutiva de Análise de Opções Reais (AOR). Desta forma, a Teoria das Opções Reais, embora em estado de desenvolvimento e consolidação, surge como uma “opção” promissora para lidar com factores de incerteza que caracteriza os negócios. A ponderação das decisões dos gestores, carecem de fundamentação rigorosa na análise da informação e uma valorização da flexibilidade da gestão que, caso seja ignorada, pode produzir fenómenos de subavaliação significativa e erros na tomada de decisão. A incorporação desta flexibilidade pode aumentar o valor total de um projecto e a sua possibilidade de aceitação, um incentivo para que os práticos utilizem a Teoria das Opções Reais. Os mercados financeiros podem ajudar a clarificar e identificar a maior parte das estratégicas existentes nas opções incorporadas nas decisões de investimento. Pode ainda, valorizar a flexibilidade de uma gestão activa, através das técnicas conhecidas das opções financeiras, pois, um investimento é basicamente uma colecção de opções reais. Neste contexto, o presente estudo pretende evidenciar a capacidade da Teoria das Opções Reais, para incorporar o valor da flexibilidade da gestão associada às opções de investimento, e criar uma complementaridade com a Análise Tradicional. Contudo, a aplicação da metodologia não representa uma alternativa aos métodos tradicionais de avaliação, antes, uma nova abordagem na análise de investimentos que o gestor no momento da decisão pode explorar e potenciar, tornando as suas análises, estrategicamente mais relevantes. The market turmoil, irreversibility, uncertainty and timing of investments have motivated investors in an endless search for new methods of analysis for investment decisions. There is a growing concern in resource allocation in projects which will create options for businesses, rather than "kill" them, making them thus more flexible. In this context, the static use of traditional methods of evaluating investments, mainly the Discount Cash Flow (DCF), has suffered harsh critics, leading to the demand for more sophisticated methods of evaluating investments capable of dealing with uncertainty, irreversibility and learning by using a deductive methodology of real-options analysis (AOR). So, the Theory of Real Options (TOR), although in a state of development and consolidation is seen as a promising "option" to deal with uncertainties that characterize business. The weighting of managers’ decisions lacks of rigorous reasoning in the analysis of information and an appreciation of the flexibility of management which, if ignored, can produce significant undervaluation phenomena and errors in a decision making. The incorporation of this flexibility may increase the total value of a project and its chance of acceptance, an incentive for practitioners to use TOR. Financial markets can help clarify and identify most of the existing strategic options embedded investment decisions. It can also enhance the flexibility of active management, through techniques known by financial options, because an investment is basically a collection of real options. In this context, this study aims to highlight the capacity of the Theory of Real Options (TOR), to incorporate the value of flexibility associated with the management of investment options and to create complementarily with Traditional Analysis. However, the application of the methodology is not an alternative to traditional methods of evaluation, rather, a new approach to investment analysis that the manager at the time of the decision can explore and making his analysis more strategically relevant. Dissertação de Mestrado em Gestão
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Santos, Carlos Machado dos
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia