Document details

Novos Modelos de Gestão Hospitalar: Liderança e Satisfação Profissional em Enfe...

Author(s): Menezes, Maria Helena Viana da Fonseca cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10348/669

Origin: Repositório da UTAD

Subject(s): Enfermeiro chefe; Enfermeiros; Satisfação com o trabalho; Satisfação com a supervisão; Liderança


Description
A complexidade inerente aos actuais desafios organizacionais realça o interesse e o contributo dado pelo diagnóstico e pesquisa empírica, na expansão das competências em gestão e na definição dos caminhos a adoptar. Mais do que nunca, no sector da Saúde a mudança e a dinâmica das organizações impera. A liderança é, pois, um aspecto crucial para o sucesso das organizações. A enfermagem tem seguido a evolução da ciência e da técnica, não ficando alheia ao universo científico em que se desenvolve, nem à realidade complexa a quem se dirige – o Homem. Pelo interesse que o trabalho assume na vida do homem e a forma de organização social que marca a contemporaneidade, a satisfação no trabalho é um valor particularmente considerado, pelo que é importante desenvolver estudos que nos ajudem a compreender como se adequa e se combina a satisfação e o trabalho. Esta investigação tem como principal objectivo, o estudo da relação entre a satisfação com o trabalho (Escala de Satisfação no Trabalho de Ribeiro & Maia, 2002), a satisfação com a supervisão (Escala de Satisfação com a Supervisão de Loureiro, 2005) avaliadas pelos enfermeiros, por um lado; e o estilo de liderança, controlo e influência situacional (Questionário de Liderança em Enfermagem de Loureiro, 2005) avaliados pelos enfermeiros chefes. Trata-se de um estudo de carácter descritivo, transversal e correlacional, com abordagem quantitativa, cujo alvo foram os enfermeiros chefes e enfermeiros do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE, tendo-se obtido uma amostra composta de 34 enfermeiros chefes (83 % da população) e 428 enfermeiros (55,4% da população). A recolha dos dados decorreu entre Abril e Maio de 2010. Quanto aos resultados mais significativos e por parte dos enfermeiros chefes, constatou-se que 41,2% apresentavam uma orientação para as relações humanas e 35,3% apresentavam uma orientação para a tarefa; 64,7% referiam ter um controlo situacional elevado e 35,3% um controlo situacional moderado. Relativamente aos enfermeiros, 80,6 % apresentavam uma alta ou muito alta satisfação com a supervisão e 52,6% apresentavam uma alta ou muito alta satisfação no trabalho. Encontrámos uma correlação significativa entre o estilo de liderança e o controlo de influência situacional exercidos pelos enfermeiros chefes, assim como o nível de satisfação com a supervisão e a satisfação profissional dos enfermeiros por eles liderados, estando os enfermeiros com satisfação alta ou muito alta com o trabalho e supervisão principalmente associados aos chefes com estilo de liderança para as relações humanas, com um relacionamento com a equipa alto, um poder formal alto e um controlo situacional alto. The inherent complexity of the current organizational challenges highlights the importance and contribution made by diagnosis and empirical research, expansion of skills in management and in setting the paths to follow. More than ever in the health sector, change and organizational dynamics prevail. Leadership is therefore a crucial aspect for the success of organizations. Nursing has followed the evolution of science and technology, and is not alien to the scientific world in which it develops, or the complex reality it is addressing - Man. From the importance that the work has in man's life and the form of social organization that characterizes the contemporary world, job satisfaction is a particularly important factor, hence the importance of development studies to help us understand how it fits and combines satisfaction and work. This research has as its principal objective the study of the relationship between job satisfaction (Job Satisfaction Scale Ribeiro & Maia, 2002), satisfaction with supervision (Scale of Satisfaction with Supervision of Loureiro, 2005) evaluated Nurses, on the one hand; and leadership style, control and situational influence JSA Schengen (Leadership for Nursing Loureiro, 2005), assessed by head nurses. This is a study of descriptive nature, and cross-correlation with a quantitative approach , whose target was the head nurses and nurses of the Hospital of Trás-os-Montes and Alto Douro, EPE (CHTMAD, EPE), with a sample of 34 head nurses (83%) and 428 nurses ( 55.4% of the population). Data collection was carried out from April to May 2010.Concerning the results for head nurses, 41,2% had an orientation towards human relationships and 35,3% had a task orientation; 64,7% reported having a high situational control and 35,3% a moderate situational control. For the nurses, 80,6% had high or very high satisfaction with the supervision and 52,6 % had high or very high job satisfaction.We found a significant correlation between leadership style and situational control exercised by the head nurses, and the level of satisfaction with supervision and job satisfaction of nurses led by them, while nurses with high or very high satisfaction with work and supervision mainly associated with leaders with a leadership style orientated to human relationships with the team high, with a formal high power and high situational control. Dissertação de Mestrado em Gestão de Serviços de Saúde
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Rodrigues, Vítor Manuel Costa Pereira
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia