Document details

A arte de esculpir a colecção : o desbaste

Author(s): Póvoa, Maria Clara de Oliveira cv logo 1

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.2/1376

Origin: Repositório Aberto da Universidade Aberta

Subject(s): Bibliotecas escolares; Informação/bibliotecas,gestão; Aquisições; Desenvolvimento de colecções; Desbaste da colecção; Informação/bibliotecas,planeamento


Description
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta Este estudo procurou conhecer o modo como se procede ao desbaste da colecção das Bibliotecas das Escolas Secundárias integradas na Rede de Bibliotecas Escolares, tendo em vista a sua actualização, de forma a responder às necessidades dos utilizadores. Verificou-se a frequência, regularidade, regras e modo como o desbaste da colecção, nas suas diversas vertentes, é levado a cabo. Procurou apurar-se, também, as percepções dos coordenadores relativamente a este processo de Gestão da Colecção, bem como explorar o contexto legal e institucional que o rodeia. A abordagem metodológica foi essencialmente quantitativa, tendo sido utilizado, como instrumento principal de recolha de dados, o inquérito por questionário, aplicado à totalidade do universo em estudo, os 62 coordenadores das Bibliotecas das Escolas Secundárias, do território continental, que integravam a Rede de Bibliotecas Escolares em 2007-2008. Concluiu-se, desta forma, que o desbaste era uma prática existente, levada a cabo mais frequentemente a nível da colecção tangível que digital, na maior parte dos casos com critérios definidos, com uma frequência regular mas não uniforme, variando, sobretudo a nível da colecção tangível, com: o tempo de experiência do coordenador; a formação complementar em Bibliotecas Escolares; a existência de uma Política de Desenvolvimento da Colecção ou de critérios explícitos nesse ou noutro documento; o nível de conhecimento das leis e orientações sobre desbaste; e o tipo de horário do coordenador. Ficou clara a necessidade de formação dos responsáveis em Gestão da Colecção, de modo a desmistificar conceitos, clarificar e instituir práticas que tornem as Bibliotecas Escolares um serviço eficaz e com recursos actualizados. É também urgente a clarificação, por parte do Ministério da Educação/ Rede de Bibliotecas Escolares, das leis que regem o Património do Estado, pois só suprindo esta lacuna legislativa e publicando Linhas Orientadoras de Desbaste, se poderá desenvolver este processo sem receios. Se a criação de uma rede de depósitos concelhios ou distritais comuns à Rede de Bibliotecas Escolares e de Leitura Pública pode servir de apoio ao desbaste, fomentando o empréstimo inter-bibliotecas, a existência de coordenadores a tempo inteiro será um elemento facilitador dessa prática, desde que a institucionalização do processo em Políticas de Desenvolvimento da Colecção e em Regulamentos Internos e Projectos Educativos apresente uma visão dinâmica da Gestão da Colecção da Biblioteca Escolar. The purpose of this study was to find out how collections in secondary school libraries belonging to the School Library Network in Portugal are weeded when these are being updated so they can continue to meet users’ needs. The study looked at the frequency, regularity, rules and the method applied to this weeding procedure in its various forms. Librarians were also surveyed in an attempt to determine their attitudes towards this collection management process. The relevant legal and institutional context was also explored. The methodological approach taken was essentially quantitative. The main data collection instrument, a questionnaire survey, was administered to all 62 librarians in the mainland secondary school libraries that belonged to the School Library Network in 2007- 2008. It was thus possible to conclude that weeding was a current practice, carried out more frequently at the level of the physical collection than the digital one. Most of the time specific criteria were applied to the process, which was instituted regularly, but not uniformly so, particularly as regards the physical collection. This frequency of action varied with: the librarian’s length of time in service; the complementary training in school libraries; whether or not there was a collection development policy in place, or explicit criteria laid down in this or some other document; the degree of legal knowledge and of guidelines relating to the process; and the librarian’s work schedule. The study clearly demonstrated that those responsible for collection management need training to demystify concepts and clarify and institute practices that will make the school libraries service an efficient one with up-to-date resources. The Ministry of Education / School Library Network urgently needs to clarify the laws which govern the management of such state property, as it is only through eliminating this gap and publishing weeding guidelines that this process will be able to move forward with a measure of confidence. If the setting up of a network of district repositories, of common access to both the School Library and Public Library Networks is to serve as support to the weeding process, then having full-time librarians would be a positive help, provided that the institutionalisation of the process in Collection Development Policies, Internal Regulations and Educational Projects acts as a dynamic factor in the management of school library collections.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Vasconcelos, Ana Isabel
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents