Document details

A área de projecto do 12º ano e a biblioteca escolar num contexto de mudança

Author(s): Silva, Maria Teresa Castanheira e cv logo 1

Date: 2009

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.2/1407

Origin: Repositório Aberto da Universidade Aberta

Subject(s): Informação/bibliotecas,papel; Organização escolar; Bibliotecas escolares; Área projecto; Mudança; Inovações educativas


Description
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta O presente estudo incide sobre a colaboração entre a Biblioteca Escolar e a Área de Projecto do 12.º ano num contexto de mudança. Esta última é aqui vista não apenas numa vertente societal, mas também no que esta área curricular não disciplinar contém de intrinsecamente inovador. Analisa-se, no enquadramento teórico, aspectos referentes à cultura das escolas, sobretudo no que diz respeito às resistências relativamente à mudança, e as características inerentes à Área de Projecto do 12.º ano, tendo em conta as suas especificidades no conjunto do currículo deste ano terminal. Na parte de estudo empírico, optou-se por uma investigação qualitativa, alicerçada fundamentalmente na observação de aulas da Área de Projecto, de três turmas do 12.º ano. Utilizámos como instrumentos de recolha de dados, para além da observação, o questionário, notas de campo e um diário. Pretendeu-se, a partir de um contexto e situação concretos, fazer um levantamento de problemas e procurar soluções, orientadoras de práticas futuras. O coordenador da Biblioteca Escolar terá uma função privilegiada, constituindo-se como uma espécie de ponte entre professores, programas e alunos, e construindo conjuntamente actividades com sentido, quer para uns quer para outros. Em relação à Área de Projecto do 12º. ano, esta relaciona-se, de facto, com a mudança, pois desenvolve-se em termos de pedagogia de projecto, a qual subverte por completo as funções tradicionais de professores e de alunos. É uma área de importância fulcral na preparação dos alunos para um mundo em rápida transformação, sendo de lamentar que se encontre apenas no final do Ensino Secundário. Abstract The present study focuses on the collaboration between the School Library and the Project Area of grade 12th in a context of change. The latter is seen here, not only in a societal aspect but also in the area of non-disciplinary curriculum subjects, as being inherently innovative. In the theoretical framework, we have studied the culture of schools, especially relating to the resistance to change and the characteristics inherent in the Project Area of the 12th grade, keeping in mind its specificities as well as its subjects. In the empirical study, we have chosen to do qualitative research and observation of classes in three class forms of the 12th grade Project Area. As instruments for data collection, in addition to observation, we used a questionnaire, field notes and daily logs. We intended to survey the problems and seek out guided solutions for future practice. The coordinator of the School Library will have a privileged role by becoming a kind of bridge between teachers, students and programs, and by building meaningful joint activities, for all of them. The Project Area of the 12th grade relates to change, developing in terms of project pedagogies, which completely subverts the traditional roles of teachers and students. It is an area of key importance in preparing students for a world of quick change. As such, it is a pity that it is only made possible at the end of secondary education.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Bastos, Glória
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia