Document details

A selva: do romance de Ferreira de Castro ao filme de Leonel Vieira

Author(s): Coelho, Maria Adelaide Antunes de Brito cv logo 1

Date: 2007

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.2/683

Origin: Repositório Aberto da Universidade Aberta

Subject(s): Ferreira de Castro; Leonel Vieira; Literatura portuguesa; Cinema; Adaptação cinematográfica; Produção e realização de filmes; Estudos comparados


Description
Dissertação de Mestrado em Literaturas Lusófonas Comparadas apresentada à Universidade Aberta O objectivo central do presente trabalho é a análise comparativa do romance A Selva de Ferreira de Castro, publicado em 1930 e do filme homónimo de Leonel Vieira, realizado em 2002. Assim, na primeira parte, «Ferreira de Castro: autor, obra e contexto» procedemos à contextualização histórico-literária da obra e do seu autor. Abordámos, igualmente, a questão da emigração por se tratar de um tema recorrente na obra do ficcionista, e de especial relevância no romance em estudo. Considerámos, ainda, oportuno lembrar a estreita ligação que o escritor manteve com o cinema, uma vez que nos debruçámos sobre a adaptação cinematográfica de uma das suas obras. Na segunda parte, «A Selva, de Leonel Vieira» referimo-nos aos aspectos que precederam a concretização do filme: a produção, a realização e a rodagem. Com a apresentação dos elementos estruturais da linguagem cinematográfica, reunimos as ferramentas que nos permitiram analisar a obra fílmica e estabelecer a comparação com a obra romanesca. Procurámos, ainda, clarificar que adaptar não significa «transcodificar literalmente» uma obra noutra, visto que a uma adaptação subjaz a interpretação, que proporcionará o nascimento de uma nova obra, independente, mesmo que se lhe reconheçam os traços daquela que lhe serviu de modelo. Na terceira parte, «Diálogo entre romance e filme», ao analisarmos comparativamente o romance e o filme, estabelecemos os pontos de convergência e de divergência que resultaram da adaptação da obra literária. A nossa atenção centrou-se no percurso da personagem Alberto, o protagonista, que, distante da pátria, circundado por um espaço que lhe é adverso, vai consumando a viagem da sua auto-revelação, tendo contribuído para esse fim último todos aqueles que se cruzaram com ele, ao longo da sua estada na Amazónia. Em suma, procurámos dar conta de como estes aspectos são contados no romance e no filme, tendo em consideração a especificidade de cada uma destas linguagens The main purpose of this work is a comparative analysis of the novel A Selva (The Forest) by Ferreira de Castro, published in 1930, and the homonym film directed by Leonel Vieira, in 2002. Part one, «Ferreira de Castro: author, work and context», deals with the historical-literary contextualization of the work and of its author. It approaches similarly the problem of immigration because it is a theme that appears frequently in the fictionist’s work, and with special relevance at the novel that we are studying. It was, also, appropriate to remember the close connection that the writer maintained with the movies, since it talks about the cinematographic adaptation of one of his works. The second part, «A Selva, by Leonel Vieira», refers the aspect that preceded the making of the movie: production, directing and shooting. Presenting the structural elements of the cinematographic language, one tried to assemble the tools that allows to analyze the filmic work, and to set a comparison with the romanesque work. Trying, also, to clarify that adaptation does not mean «transcribe literally» one work into another, since to an adaptation underlies an interpretation that will provide the arising of a new work, independent, even though it is possible to recognise the lines of the one that served as a model. In the third part, «Dialogue between the novel and the film», the intention was to go ahead with the comparative analysis of the novel and the movie, establishing the points of convergence and divergence that outcome from the adaptation of the literary work. The focus is on the course of Alberto, the protagonist: far-away from his homeland, surrounded by a space that is antagonistic to him, he is achieving the trip of his self-revelation, realizing that everyone that cross his path, while he was in Amazonia, made some contributions to this achievement. Summing up, it has been tried to explain how these aspects are narrated in the novel and in the movie, considering the specificity of each one of these languages
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Padeira, Ana Rita
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia