Document details

Influência da localização, nas medições efectuadas por uma estação meteorológic...

Author(s): Vilarinho, Sandrina de Fátima Soares cv logo 1

Date: 2009

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/10849

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho


Description
Dissertação de mestrado em Física (área de especialização em Ensino) O registo dos elementos meteorológicos por uma Estação Meteorológica Automática (EMA) depende da leitura efectuada pelos seus sensores sendo afectado, de forma significativa, pelas interacções que os sensores sofrem no local da instalação da EMA. Um ambiente onde se constatam essas interacções de forma regular é o ambiente urbano. O tema deste trabalho tem origem no facto da Estação Meteorológica Automática Davis Vantage Pro2 Plus da Universidade do Minho (UM), localizada no Campus de Gualtar, estar inserida num ambiente urbano, o que torna pertinente o estudo da influência da sua localização nas suas medições. Este trabalho é constituído por diversas etapas. Em primeiro, por uma contextualização teórica, um estudo dos principais elementos meteorológicos medidos por estações meteorológicas, uma caracterização da EMA da UM e dos sensores que a constituem, uma descrição da sua localização às várias escalas espaciais e uma estimativa da sua representatividade. Segue-se um estudo das normas e condições requerida para a localização de uma EMA pela Organização Mundial de Meteorologia (OMM), em áreas urbanas, com posterior análise da observância por parte da EMA. Por último, comparam-se dados relativos a alguns elementos meteorológicos entre esta e outra EMA localizada na cidade de Braga. Com este estudo verifica-se que, de uma forma geral, os dados meteorológicos recolhidos na EMA, no Campus de Gualtar são representativos à Escala Local, num raio de um quilómetro e que os requerimentos da OMM para a localização e exposição de EMA, em áreas urbanas são maioritariamente cumpridos. Quanto à comparação qualitativa de dados meteorológicos, verifica-se que a performance da EMA do Campus de Gualtar é boa. Registaram-se alguns desvios entre ambas as estações que são aceitáveis e esperados, dadas as diferentes localizações das EMA The measuring of meteorological elements by an Automatic Weather Station (AWS) depends on the records provided by their sensors, which is significantly affected by the interactions that they have at their location. An environment where these interactions can be noticed on a regular basis is the urban environment. The subject of this work comes from the fact that the Automatic Weather Station Davis Vantage Pro2 Plus at the University of Minho (UM), located on the campus of Gualtar, is inserted in an urban environment, which makes pertinent to study the influence of their position in their measurements. This work contains several steps. First, it’s given a theoretical context, the main meteorological elements measured by weather stations are studied, the AWS at UM and its sensors are studied, it’s provided a description of its location at several spatial scales and its representativeness is estimated. The next step is the study of rules and conditions required for the location of an AWS given by the World Meteorological Organization (WMO) in urban areas, and further it’s analyzed the observance by the AWS. Finally, it’s compared some meteorological data related between this AWS and another one in located the Braga city. This study shows that, in general, the meteorological data collected from the Gualtar AWS are representative at the local scale within a radius of one kilometer and the WMO requirements for the location and exposure of AWS in urban areas are largely achieved. With respect to the qualitative comparison of meteorological data, it indicates that the performance of EMA is good. There were some differences between the records of both stations that are acceptable and expected, given the different locations of the AWS’s.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lanceros-Méndez, S.; Fonseca, Vicente
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents

No related documents

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia