Document details

A avaliação interna e as suas implicações na configuração da escola como organi...

Author(s): Santos, Teresa de Jesus Correia Paulino dos cv logo 1

Date: 2009

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/11531

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho


Description
Dissertação de Mestrado em Educação (área de especialização em Sociologia da Educação e Políticas Educativas) A avaliação institucional escolar tem vindo a assumir um papel cada vez mais importante no contexto das políticas educativas tanto a nível internacional, como a nível comunitário e nacional caso Português, este facto pode ser visível quer através do acréscimo de dispositivos de avaliação (interna e externa) das escolas, quer através dos procedimentos que as organizações educativas dispõem para se auto avaliarem, uma situação de tensões e dilemas na escola como organização. A autora analisa alguns traços mais salientes destas tensões e dilemas de um agrupamento de escolas, tendo como referência três modelos teóricos de análise, o modelo burocrático-racional, o modelo político e o modelo ambíguo, pelo facto de a escola portuguesa apresentar fortes registos destes modelos e também por nos parecerem mais adequados à temática em estudo. Foi feita ainda referência à “ autonomia decretada” e à “autonomia construída” da escola, na certeza de adquirir uma visão mais compreensiva da organização escolar, dos normativos legais e da avaliação institucional escolar em particular. Partindo do pressuposto, genericamente aceite, mas pouco problematizado, de que a avaliação interna está sujeita a um processo simultâneo de controlo e de melhoria da qualidade educativa, a autora, baseando-se numa matriz essencialmente qualitativa, opta pelo estudo de caso para descrever e analisar o impacto da avaliação interna da escola, e as concepções e as práticas avaliativas dos professores que a assistem. Admite, em termos de conclusão, que se podem configurar diferentes visões da organização educativa em estudo. Contudo, as mudanças resultantes da Avaliação Interna ainda que, condicionadas pela morfologia do Agrupamento e pelas representações e práticas avaliativas dos seus actores, constituíram-se mais significativas ao nível da estrutura formal da organização, remetendo para o carácter burocrático da mesma. Scholar institutional evaluation has been playing an increasingly important role in the context of educational policies not only internationally, but also in the EU and nationally. This can be seen either by the increase of the assessment arrangements (internal and external) of the schools or through the procedures that educational organizations have to self assess, which causes some tension and dilemma in the School as an organization. The author analyzes some features of those tensions and dilemmas of a particular set of schools, with reference to three theoretical models of analysis: the rational-bureaucratic model, the political model and the ambiguous model, as the Portuguese School has strong records of these models and also because they seem more appropriate to the subject under study. The author has also underlined the “dictated autonomy” (autonomia decretada) and the “built autonomy” (autonomia contruída) of the school, as to acquire a more comprehensive view of the School organization, of the legal laws and the School institutional assessment in particular. Bearing in mind the assumption, generally accepted, but little questioned, that internal assessment is under a simultaneous process of control and improvement of educational quality, the author, based on an essentially qualitative pattern, chooses the case study to describe and analyze the impact of internal evaluation of the School, and the views and assessment practices of teachers who assist it, accepts configuring different views and formats of the educational organization. The changes that come with the internal evaluation, conditioned by the morphology of the set of schools, by the evaluation practices and by the representation of its agents, are the most significant improvements in the formal structure of the organization, referring to its bureaucratic character.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Rocha, Maria Custódia Jorge da
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents

No related documents

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia