Document details

Aprendizagem baseada em projectos no contexto do ensino superior : avaliação de...

Author(s): Fernandes, Sandra Raquel Gonçalves cv logo 1

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/12234

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho


Description
Tese doutoramento Ciências da Educação (área de especialização em Desenvolvimento Curricular) A aprendizagem baseada em projectos surge, no contexto dos desafios decorrentes do Processo de Bolonha, como estratégia adequada à promoção de uma aprendizagem activa, centrada no desenvolvimento de competências e no trabalho autónomo do aluno. Este trabalho de investigação teve como objectivo principal a avaliação de um dispositivo pedagógico baseado em projectos – Project-Led Education (PLE) - no contexto do ensino de Engenharia. Trata-se de um estudo de caso, realizado na Universidade do Minho, que procura conhecer as percepções e experiências dos diversos participantes (alunos, docentes e tutores) relativamente ao PLE. Pretendeu-se, ainda, analisar o impacto do PLE nos processos e nos resultados de aprendizagem dos alunos bem como as implicações do PLE ao nível do trabalho dos docentes. Neste sentido, a avaliação do PLE foi efectuada com base no Modelo de Avaliação CIPP (Context, Input, Process, Product), de Stufflebeam (2003), servindo de quadro de referência para a avaliação do dispositivo pedagógico nas suas várias dimensões. O principal contributo deste modelo reside na melhoria do processo de tomada de decisão, uma vez que concebe a avaliação como um processo pelo qual se delimitam, obtêm e fornecem informações úteis, que permitem julgar acerca das decisões possíveis. Tendo em conta os objectivos de investigação e as perspectivas de avaliação privilegiadas, optámos por um design de investigação baseado, sobretudo, num paradigma de investigação qualitativo, centrado em métodos e técnicas de recolha de dados pouco estruturados (questionários, entrevistas, focus groups, observação participante e narrativas), visando recolher o máximo de informação sobre as percepções dos vários participantes envolvidos nas experiências PLE, durante os alunos lectivos 2005/2006 até 2007/2008. Os resultados da investigação levada a cabo sugerem que o PLE representa um contributo significativo no alcance dos objectivos do processo de Bolonha, nomeadamente no que se refere aos processos de ensino e aprendizagem centrados na aprendizagem do estudante e ainda às mudanças desejáveis ao nível do trabalho dos docentes. De um modo geral, foi possível concluir que as percepções e experiências dos alunos, dos docentes e dos tutores que participaram no PLE foram globalmente positivas. No que diz respeito ao impacto do PLE nos resultados e processos de aprendizagem dos alunos, ele surge associado a uma maior compreensão e aplicação dos conteúdos e ao desenvolvimento de um conjunto de competências transversais, tais como a capacidade de comunicação, de trabalho em equipa, de resolução de problemas, de gestão de conflitos e, ainda, o sentido de responsabilidade. Relativamente às percepções e experiências dos tutores envolvidos no PLE, foi possível destacar um balanço positivo da sua participação, tendo sido identificadas um conjunto de funções que dizem respeito à tarefa de tutoria, nomeadamente, fornecer feedback ao grupo, apoiar o grupo na tomada de decisões, fomentar a motivação do grupo e, por último, revelar preocupação com a aprendizagem individual dos alunos. Foi possível, ainda, dar conta das potencialidades, mas também das fragilidades ou dos desafios que se colocam numa avaliação de natureza essencialmente formativa, com preocupação pela monitorização dos processos e pela avaliação das competências disciplinares e também transversais. Quanto às implicações do PLE ao nível do trabalho docente, destaca-se a interdisciplinaridade da abordagem dos conteúdos e o desenvolvimento de projectos pedagógicos numa lógica colaborativa. O trabalho em equipa, a coordenação e articulação curricular, a partilha de ideias e de experiências, a tomada de decisão conjunta são alguns dos aspectos que a participação em projectos PLE pressupõe em termos de trabalho docente. No que se refere aos desafios que se colocam ao trabalho docente no contexto do PLE, a falta de reconhecimento institucional no que se refere à componente pedagógica do seu trabalho tem surgido como um dos principais constrangimentos, dado o investimento de tempo e de esforço que os docentes dedicam ao projecto. As conclusões deste estudo levantam ainda algumas recomendações para trabalhos de investigação futura, nomeadamente no que se refere à criação de condições adequadas para o desenvolvimento profissional dos professores e para o reconhecimento e valorização do seu desempenho pedagógico. The Bologna Process has introduced a number of changes in Higher Education institutions, namely in curricula restructuring and in new methodologies of teaching and assessing, amongst others. Also of importance is the need to improve student achievement which has to focus not only upon the development of technical competencies, but also upon the development of transversal competencies. This study aims to evaluate the impact of Project-Led Education (PLE) on students‘ learning, and its contribution to the improvement of teaching and learning in Higher Education. It is based on a longitudinal approach with first year Industrial Management and Engineering students, who participated in PLE experiences. To attain this goal, the CIPP (Context, Input, Process, Product) Evaluation Model was used as a framework for evaluating the impact of the programme (Stufflebeam, 2003). The research was based on a qualitative research design focusing on methods of data collection such as questionnaires, interviews, focus groups, participant observation and narratives, applied from the academic years of 2005/2006 to 2007/2008, to students, teachers and tutors. In general, the CIPP Evaluation Model provided a broad understanding of the evaluation process, thus linking the evaluation and decision-making processes. Important data were collected in regard to context, input, process and product evaluation, presenting a broad picture for understanding the project, its context, the processes and outcomes. Data collected from students, in regard to PLE processes and outcomes, showed that students clearly recognized the benefits of PLE experiences in relation to traditional teaching and learning. They highlighted teamwork, increased motivation, teacher and student relationship and articulation between theory and practice, along with real world problem solving, as the most positive aspects of the experience. The disadvantages of PLE as identified by students were the advantages of traditional teaching and learning, such as the fact that the students‘ final grade did not depend on group work and that the workload was also much less, leaving students with more free time to do other things. In fact, one of the constraints of this innovative approach to learning is the heavy workload which it entails. Findings from teachers‘ views point out higher student motivation, increased relevance and meaning of course content to students and the link between theory and practice as some of the major strengths of students‘ participation in PLE. Besides this, teachers recognize greater interdisciplinarity and collaborative work between faculty staff as a result of working in teams themselves. Most of the teachers in this study were satisfied with their participation in PLE and they mentioned that it had encouraged them to be more engaged with students. Teachers stress the partnership developed within a multidisciplinary team which includes teachers and researchers from different fields, as an important input for collaboration, which might explain, to a certain extent, the successful implementation of this experience . However, a set of challenges are also faced by teachers when they engage in active learning methodologies, as learning outcomes, teaching strategies and assessment methods must be aligned in the curriculum. This active role played by teachers has also strong implications for their workload. Although the coordination team works as a team project and tasks are distributed amongst teachers and tutors, the workload associated with this kind of student centered approach requires a much more demanding role from teachers. The lack of institutional support is also pointed out as a constraint due to all the effort which teachers spend on the project, especially in regard to the tutors‘ tasks and duties. . In regard to the tutors‘ role, it is mainly focused on the group process. Some of the tutor‘s tasks include supporting students in their learning process, by motivating them and providing feedback to the group in regard to their performance throughout the projects‘ development. Findings from this study also raise a set of recommendations for future research, specialy in regard to providing opportunities for teachers‘ professional development and the recognition of teaching performance.
Document Type Doctoral Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Fernandes, Maria Assunção Flores; Lima, Rui Manuel Sá Pereira
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents

No related documents

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia