Document details

Aprendizagem informal na Web Social? Um estudo na rede social Orkut

Author(s): Lisbôa, Eliana Santana cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/13042

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho


Description
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de conhecimento em Tecnologia Educativa A presente investigação descreve um estudo analítico que teve como objectivo caracterizar as comunidades virtuais da rede social Orkut que incidem sobre o eixo temático Educação, Formação e Tecnologias, com a finalidade de compreender se esses espaços da Web social possibilitam o desenvolvimento de aprendizagens informais. Na componente conceptual, começamos por abordar o conceito de Sociedade da Informação, do Conhecimento e da Aprendizagem, equacionando as novas formas de comunicação e de aprendizagem que caracterizam a sociedade em rede. A questão das redes sociais é discutida à luz de um referencial teórico que inclui a teoria dos seis graus de separação, a teoria dos grafos, a teoria da actividade e a teoria Ator-Rede. Completam a revisão de literatura uma abordagem à problemática da e-moderação online, a caracterização dos diferentes tipos de comunidades virtuais e a apresentação da rede social Orkut, suas funcionalidades e potencial educativo, bem como uma resenha dos estudos já realizados com base na ferramenta. O estudo empírico, de índole descritiva e exploratória, partiu da concepção e validação de uma grelha que foi posteriormente usada na análise do conteúdo de uma base de dados de setenta e cinco comunidades virtuais da rede social Orkut. Os objectivos centrais da análise foram caracterizar as comunidades virtuais no sentido de conhecer como se processam as dinâmicas de interacção e partilha do conhecimento nesses espaços virtuais, bem como identificar as funções e o papel do emoderador. Para a consecução deste último objectivo, o estudo principal foi completado com a realização de um inquérito por questionário a todos os e-moderadores das comunidades analisadas, visando aprofundar aspectos específicos da e-moderação online. Os resultados mostram que há diferenças substantivas entre as comunidades moderadas e públicas relativamente a assuntos tratados, tipo de linguagem utilizada, formas de comunicação e colaboração. O e-moderador surge como o elemento chave na dinamização das comunidades virtuais; no entanto, percebe-se que este elemento ainda não tem plena consciência da importância do seu papel, assumindo muitas vezes uma função mais administrativa do que pedagógica. Em relação ao objectivo central que motivou o presente estudo – saber se estes ambientes podem configurar-se como espaços informais de aprendizagem – a resposta ainda não é conclusiva, embora tenhamos encontrado na análise fortes indícios no sentido de acreditarmos que estes ambientes podem ser usados em prol de um processo de formação personalizado, que aposta na colaboração e na partilha do conhecimento dos sujeitos envolvidos. This research describes an analytical study aimed to characterize virtual communities’ social network Orkut, which affect the central theme Education, Training and Technology, in order to understand whether these social spaces of the Web enable the development of informal learning. In the conceptual component, we begin by addressing the concept of the Information Society, Knowledge and Learning, equating new forms of communication and learning that characterize the network society. The issue of social networks is discussed in light of a theoretical framework that includes the theory of six degrees of separation, graph theory, activity theory and actor-network theory. Round out the literature review an approach to the problem of online e-moderation, the characterization of different types of virtual communities and the presentation of the social network Orkut, its features and educational potential, as well as a review of studies already carried out based on this tool. The empirical study of descriptive and exploratory nature came from design and validation of a scale which was subsequently used in the analysis of the contents of a database of seventy-five communities’ virtual social network Orkut. The key objectives of the analysis were to characterize virtual communities to know how to handle the dynamics of interaction and sharing of knowledge in these virtual spaces, and identify the functions and role of e-moderator. To achieve the latter objective, the main study was completed with the completion of a questionnaire survey of all e-moderators of the communities studied, aiming to deepen specific aspects of e-moderating online. The results show that there are substantive differences between the moderate and public communities for subject matter, the language used, forms of communication and collaboration. The emoderator has emerged as the key element in fostering virtual communities, yet it is perceived that this element does not have long recognized the importance of their role, often assuming a more administrative role than teaching. Regarding the main objective that motivated this study - whether these environments can be framed as informal learning spaces - the answer is not yet conclusive, although we found strong evidence in the analysis to believe that these environments can be used in towards a process of customized training, which focuses on collaboration and sharing of knowledge of the subjects involved.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Coutinho, Clara Pereira
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents