Document details

Monitorização com base no currículo : um estudo quantitativo sobre a utilização...

Author(s): Patrão, Marta Silva Gonçalves cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/13733

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho

Subject(s): Dificuldades de aprendizagem específicas; Leitura; Modelo de atendimento à diversidade; Modelo resposta-à-intervenção; Monitorização com base no currículo; Provas maze; Specific learning disabilities reading; Model for adressing diversity; Response-to-intervention model; Curriculum-based measurement; Maze probes


Description
Dissertação de mestrado em Educação Especial (área de especialização em Dificuldades de Aprendizagem Específicas) Este estudo teve por finalidade descrever a utilização da monitorização com base no currículo, para a identificação de alunos em risco de desenvolverem dificuldades de aprendizagem específicas na leitura. A amostra utilizada é composta por 214 alunos que frequentam o 39 ano de dois agrupamentos de escolas do distrito de Viana do Castelo. Tendo como referência o paradigma positivista de investigação, os dados deste estudo foram recolhidos com a utilização de uma prova de Monitorização com Base no Currículo - Maze, construída para esse efeito. Os resultados foram analisados e apresentados sob uma forma descritiva e inferencial. Os resultados deste estudo permitem concluir: 1) As provas Maze foram provas económicas, rápidas e faceis de aplicar, com boa aceitação e bons níveis de satisfação entre professores e alunos. 2) Independentemente do método de cotação utilizado as raparigas têm sempre médias superiores as dos rapazes. 3) A escola G obteve os melhores resultados independentemente do método de cotação utilizado. 4) Existem diferenças estatisticamente significativas entre alguns dos cinco métodos de cotação. 5) Com o método 3 são detectadas diferenças estatisticamente significativas entre os géneros. 6) O método 1 é o único método com o qual não se encontra diferenças estatisticamente significativas entre escolas. 7) O método 5 é o que identifica mais diferenças estatisticamente significativas entre as escolas. 8) O método 4 é o que identifica um maior número de alunos em risco. As provas Maze são efectivamente um método de avaliação com o qual facilmente se consegue identificar alunos em risco de desenvolverem dificuldades de aprendizagem específicas na leitura, através da determinação dos 20% com resultados inferiores em relação ao resto da turma, tal como defendido por Deno (2003), Fuchs e Stecker (2003) e Fuchs e Oxaal (2007). The aim of this study was to describe the use of Curriculum-Based Measurement probes to identify students at risk for learning disabilities in reading. The sample consists of 214 students enrolled in the 3rd grade in the district of Viana do Castelo. Taking as reference the positivist paradigm of research, data was collected with a Maze probe, built for this purpose. The results were analyzed and presented through a descriptive and inferential way. At the conclusion of this study, was found that: 1) Maze probe was economic, quick and easy to implement, with good acceptance and high levels of satisfaction among teachers and students. 2) Regardless of the scoring procedure, girls have always higher results than boys. 3) G school achieved the best results, regardless of the scoring procedure that was used. 4) There are statistically significant differences between the five scoring procedures. 5) The use of method 3 scoring procedure shown statistically significant gender differences. 6) The method 1 scoring procedure is the only one that doesn’t show statistically significant differences between schools. 7) The method 5 scoring procedure is the one that shows more statistically significant differences between schools. 8) The method 4 scoring procedure is the one that identifies a greater number of students at risk. Maze probes are actually an easily way to identify students at risk for specific learning disabilities in reading, by determining the 20% with lower results compared to the rest of the class, as advocated by Deno (2003), Fuchs and Stecker (2003), and Fuchs and Oxaal (2007).
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Martins, Ana Paula Loução
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents