Document details

Concepções de professores e alunos sobre significância histórica : um estudo no...

Author(s): Alves, Maria Olinda Pereira cv logo 1

Date: 2007

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/7522

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho


Description
Dissertação de Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica em Ensino da História Este estudo, de natureza descritiva e numa linha essencialmente qualitativa, explora as ideias tácitas de professores e seus alunos acerca da significância da História da Antiguidade. Neste contexto, a abordagem do conceito de significância histórica, que desempenha um papel fundamental na estruturação e inteligibilidade do conhecimento histórico é, a nível elaborado, contextualizada, variável e multiperpectivada, porque se realiza em vários planos. O estudo empírico procurou responder às seguintes questões de investigação: que significância atribuem professores e alunos a conceitos e eventos da História da Antiguidade?; que associações existem entre as concepções apresentadas por professores e por alunos, no âmbito da significância histórica?; há alguma relação entre os níveis de aproveitamento dos alunos e as suas ideias sobre significância histórica?; o sexo, a idade e a pertença a uma escola constituirão variáveis moderadoras da atribuição de significância histórica pelos alunos? Foi seleccionada uma amostra constituída por 7 professores que leccionaram o 3º ciclo do ensino básico e 9 alunos de cada professor, no total de 63 alunos, com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos de idade, de 6 escolas do distrito ( 2 urbanas e 5 de subúrbios). Os dados foram recolhidos em duas fases (um Estudo Piloto que envolveu 3 professores e 27 dos seus alunos e um Estudo Principal com 4 professores e 36 dos seus alunos) através de um questionário designado por Ficha Técnica e uma entrevista, individual, cujo guião era apoiado por um conjunto de cartões sobre diversos povos da Antiguidade. A análise dos dados, sobretudo de acordo com a Grounded Theory foi teoricamente escorada nos modos explicativos e peso factorial de Barca (2000), no modelo sobre significância proposto por Cercadillo (2000) e nos critérios de significância definidos por Partington (1980). Da análise essencialmente qualitativa, mas com tratamento estatístico posterior, emergiram cinco perfis de significância: A, Ausência de significância histórica; B, Significância única e intrínseca; C, Significância contextual fixa, com uma ou duas atribuições; D, Significância contextual, fixa, com várias atribuições; E, Significância contextual, variável, com uma ou várias atribuições. Os resultados revelaram que: 1) as concepções de significância histórica dos professores situam-se nos perfis C, D e E enquanto que os alunos evidenciam concepções que vão desde o perfil A ao E; 2) parece haver indícios de que, se há casos em que se pode falar em associação entre as concepções de significância dos professores e dos seus alunos, há outros em que tal associação não é visível ou em que os alunos exprimem níveis de ideias com maior elaboração do que as dos seus professores; 3) o nível de aproveitamento e também o sexo e a idade não parecem ter uma influência directa sobre as concepções de significância histórica dos alunos; 4) contudo, a escola de pertença parece ter tido peso no tipo de concepções de significância histórica que os alunos expressaram. The present study, with a descriptive, essentially qualitative nature, investigates the tacit ideas of teachers and students about the significance of Ancient History. In this context, the approach to the concept of historical significance which plays a crucial role in the construction and intelligibility of the historical knowledge, at an elaborate level is seen as contextualized, variant and as it is fulfilled at several layers. The empirical study aimed at exploring the following research questions: what significance is given to concepts and events of Ancient History by teachers and students? what association does exist between the ideas presented by teachers and their pupils, in the scope of historical significance? Is it possible to consider a relation between students achievement and historical significance ideas? Might the sex, age and school be considered moderator variables of the historical significance attributed by students? Data were collected in two phases (a Pilot Study involving 3 teachers and 27 pupils and a Main Study with 4 teachers and 36 students) through an individual questionnaire and an interview whose guidelines were supported by a set of cards on several ancient peoples. The analysis of data was made according to the Grounded Theory method and it was theoretically framed by the explanatory modes and factorial weight of Barca (2000), the model on historical significance proposed by Cercadillo (2000) and the historical significance criteria defined by Partington (1980). From the qualitative, but also a posteriori statistical analysis, five significance profiles emerged: A, absence of historical significance; B, single, intrinsic significance; C, fixed, contextual significance, with one or two attributions; D, contextual, fixed significance, with some attributions; E, contextual, variable significance, with one or more attributions. The results revealed that, 1) teachers’ ideas of historical significance point out to C, D and E profiles while the students show ideas from A to E profiles; 2) there is evidence that in some cases we might speak of association between the teachers and their pupils’ ideas of significance, but there are also cases where such association is not apparent and, in a few cases, the students express ideas of significance more sophisticated than those of their teachers; 3) students’ achievement level, sex and age do not seem to have a direct influence on historical significance attribution; 4) but the school they are attending seems to play a role in the type of ideas of historical significance expressed by students.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Barca, Isabel
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents

No related documents

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia