Document details

Metodologia para a concepção de sistemas de produção orientados ao produto

Author(s): Alves, Anabela Carvalho cv logo 1

Date: 1999

Persistent ID: http://hdl.handle.net/1822/9

Origin: RepositóriUM - Universidade do Minho

Subject(s): Produção integrada por computador


Description
Sistemas de Produção Orientados ao Produto (SPOP) são sistemas de produção desenvolvidos para a produção de um único produto ou de uma família, mais ou menos restrita, de produtos com semelhanças entre si, principalmente de natureza processual (Silva, 1997). Neste trabalho é proposta uma metodologia para a concepção de SPOP. A metodologia está dividida em três fases: Projecto Genérico, Projecto Conceptual e Projecto Detalhado. Cada fase divide-se, ainda, em duas ou mais actividades dependendo da fase em questão. O desenvolvimento de cada fase envolve o uso de informação necessária à concretização da fase, a especificação de factores de controlo que, restringem a tomada de decisão ou definição de alternativas em cada fase, a identificação de ferramentas e métodos necessários e a obtenção de resultados. Os resultados ou saídas de uma fase alimentam as fases seguintes, podendo também realimentar fases anteriores. Define-se assim um processo de projecto iterativo até à obtenção de configurações detalhadas de SPOP, associadas e adequadas à fabricação de distintos artigos ou diferentes famílias de artigos processualmente semelhantes. Como resultado principal do Projecto Genérico realça-se a definição de uma estratégia de produção e a identificação do tipo genérico de sistema de produção que assegure a satisfação dessa estratégia, i.e. SPOP ou Sistema de Produção Orientado à Função. Em muitos casos, tal sistema poderá ser do tipo SPOP. Neste caso as fases seguintes deverão ser aplicadas. O Projecto Conceptual contribui para a identificação da configuração conceptual do sistema do tipo de SPOP que idealmente deveria ser uma linha de produção. O Projecto Detalhado, instancia a configuração conceptual. Claramente objectiva a necessidade de detalhar a configuração do SPOP seleccionando os artigos e equipamento, afectando trabalho e definindo postos de produção e a implantação física ou virtual do sistema. No sentido de exemplificar a aplicação da metodologia utiliza-se um caso industrial. Não sendo o caso, naturalmente, suficientemente representativo do espectro industrial onde a metodologia pode ser aplicada, não deixa de proporcionar uma experiência útil na implementação e teste da metodologia. According to Silva and Alves (1997) Product Oriented Manufacturing Systems (POMS) are manufacturing systems designed for the manufacture of a single type of product or a family of similar products, mainly as far as manufacturing process is concerned. In this work a methodology is proposed for the design of POMS. This methodology comprehends three phases: Generic Design, Conceptual Design and Detailed Design. Each phase is still divided in two or more activities depending on the phase. Each phase is fully carried out on the basis of a variety of inputs, i.e. information about products, processes and production factors. Moreover, the set of restrictions to decision and system alternatives is specified and possible tools and methods to carry out design and evaluating alternatives solutions are identified. Finally the application of tools on inputs and based on restrictions will generate the output of the design phase. The output of one design phase feeds the following phases and may be feedback to previous phases, defining an iterative design process leading to detailed configurations of POMS. Each of these, are associated with and oriented to the production of a particular type of product or part or a family of similar processing products or parts. The main outputs from the Generic Design is the production strategy and decision about what type of generic manufacturing system to adopt, i. e. Function Oriented Manufacturing System or POMS. If the latter is adopted the following phases of the methodology shall be carried out. Otherwise the design process of POMS systems stops. The Conceptual Design allows the definition of the POMS conceptual configuration, ideally a manufacturing flow line. In the Detailed Design phase an instance of the conceptual configuration is obtained where products, manufacturing means and processing tasks are put together in a clear and organized way physical or virtually, forming a set of interrelated workstations, i.e. the manufacturing system to perform production. An example of application of the methodology in practice is given through an industrial case. Although the case may not represent the full spectrum of industrial reality, where the methodology could be applied, the example based on it is useful for reinforcing the understanding and for partially testing the methodology in practice.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents


    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia