Document details

A construção de laços de inclusão

Author(s): Coelho, Catarina Maria Capote cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10773/1081

Origin: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Subject(s): Educação especial; Educação pré-escolar; Educação das crianças; Integração escolar; Relações interpessoais


Description
O tema deste trabalho é a inclusão de crianças com necessidades educativas especiais na rede de interacções que integram os seus pares, pais e outros educadores que as acompanham e tomam as decisões relativas ao seu percurso educativo. Partimos da revisão de alguns contributos teóricos com que se tem procurado compreender a evolução das atitudes face à diferença de grupos que tem vindo a ser socialmente identificados pelas suas incapacidades e necessidades específicas de educação, para nos centrarmos na problemática da inclusão como um possível desafio a uma educação radicada em valores. Através da caracterização do contexto sócio – educativo, da observação participante, de conversas com as crianças e de uma entrevista aos pais procuramos compreender o modo como um grupo de Jardim de Infância percepcionou e respondeu às diferenças de comportamento, às disposições e aos meios de comunicação e a dependência de uma criança recém-chegada ao grupo, no momento em que as suas dificuldades passaram a interferir nas actividades de rotina. Analisamos a tentativa de intervenção da educadora como mediadora do processo de aceitação e da participação das crianças na construção de laços para a inclusão. Com este trabalho pretendemos contribuir para a discussão sobre a possibilidade de reconstrução pedagógica do quotidiano educativo como tempo e lugar de desenvolvimento de competências sociais, emocionais e cognitivas de todas as crianças, a partir do reconhecimento do espaço social que é próprio e devido a cada uma, enquanto sujeito com uma identidade e história únicas. ABSTRACT: The inclusion process of a child with special needs considering the interaction among parents, educators and other responsible authorities for his/her education is the aim of this work. Our study basis were some theoretical assumptions already used to understand the evolution of the attitudes towards the difference of groups that have been socially identified by their inability and specific needs in education. We focussed our attention on the inclusion issue as a possible challenge to an education based on values. Through the characterization of the socio-educational context, the participant observation, the conversations with the children and an interview with their parents we tried to understand as a group of a nursery school understood and responded to different behaviours, moods, ways of communicating and to the dependence of a recent arrived child to the group at the moment his/her difficulties interfere with routine activities. We analysed the nursery teacher’s attempt to intervene as a mediator within the acceptance process and the children’s participation in building ties to the inclusion. With this work we want to contribute to the discussion of the possibility of the pedagogic reconstruction of the educational daily practice as time and place of social, emotional and cognitive skills development of all the children bearing in mind the knowledge of his/her own social background and his/her own unique identity. Mestrado em Ciências da Educação - Formação Pessoal e Social
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Madeira, Rosa Lúcia de Almeida Leite Castro
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents