Document details

Impacto da ética e dos comportamentos monetários na satisfação com a vida : ido...

Author(s): Santos, Gorete Maria Pereira dos cv logo 1

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10773/3270

Origin: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Subject(s): Gerontologia; Envelhecimento; Pessoas idosas; Condições económicas


Description
Objectivos: O envelhecimento é um dos principais desafios nas sociedades actuais. A satisfação com a vida é um desejo em qualquer fase da vida, incluindo a velhice, sendo influenciada por diversas variáveis sociais e psicológicas. Neste estudo procuramos compreender como a ética e os comportamentos monetários influenciam (ou não) a satisfação com a vida em homens e mulheres idosas (mais de 64 anos) que vivem em agregados unipessoais. Metodologia: Foi aplicado um questionário por entrevista que compreende: i) dados sociais e demográficos; ii) indicadores de isolamento e depressão; iii) escala de satisfação com a vida (Diener, 1985; versão Portuguesa de Simões, 1992); iv) escala de comportamentos monetários (Furnhamn, 1984; versão Portuguesa de Patrão & Sousa, 2007); v) escala de ética monetária (Tang, 1992; versão Portuguesa de Patrão & Sousa, 2007). A amostra compreende 32 pessoas idosas, 16 homens e 16 mulheres que vivem sós, de classe média. Resultados: Os resultados sugerem que: i) a satisfação com a vida não é influenciada pela ética e comportamentos monetários; ii) os idosos encontramse moderadamente satisfeitos com a vida; iii) a ética monetária é influenciada pelos comportamentos ansiosos em relação ao dinheiro; iiii) as atitudes e comportamentos monetários não são influenciados pelas variáveis sócio - demográficas, local de residência ou factores de isolamento. Implicações: Estes resultados têm implicações a nível da compreensão da satisfação com a vida, pois sugerem factores que influenciam a satisfação com a vida. Além disso, este estudo pode contribuir para clarificar o papel dos bens pessoais na construção da integridade e preservação da identidade da pessoa idosa. ABSTRACT: Objectives: Ageing is one of the main challenges of societies. Satisfaction with life is a desire in any stage of life, including old age. It is influenced by diverse social and psychological variables. In this study, we aim to understand how ethics and monetary behaviour do (or not) influence satisfaction with life in elderly men and women (over 64) who live alone. Methodology: Data were collected based on a questionnaire carried out by interview, which includes: i) social and demographic data, ii) isolation and depression indicators; iii) Satisfaction with Life Scale (Diener, 1985; Portuguese version Simões, 1992), iv) Monetary Behaviour Scale (Furnhamn, 1984; Portuguese version Patrão & Sousa, 2007); v) Monetary Ethics Scale (Tang, 1992; Portuguese version Patrão & Sousa, 2007). The sample comprises 32 elderly people, 16 men and 16 women, who live alone and are of the middle class. Results: The results suggest that: i) satisfaction with life is not influenced by monetary ethics and behavior; ii) the elderly are moderately satisfied with life; iii) the monetary ethical is influenced by anxious behavior regarding money; iv) monetary attitudes and behaviours are not influenced by socio-demographic variables, place of residence or isolation factors. Implications: These results have implications on the in level of understanding satisfaction with life. They suggest factors that influence satisfaction with life. Moreover, this study can clarify the role of personal goods in the construction of integrity and preservation of the identity of the elderly person. Mestrado em Gerontologia
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Sousa, Liliana Xavier Marques de
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents