Document details

Cuidados informais ao idoso dependente : motivos e gratificações

Author(s): Oliveira, Ana Lúcia Campos de cv logo 1

Date: 2009

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10773/3295

Origin: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Subject(s): Gerontologia; Pessoas idosas; Cuidados de saúde


Description
Objectivos: A investigação em Gerontologia tem privilegiado o estudo dos cuidadores principais e dos impactos negativos da experiência de cuidar. Este estudo visa caracterizar o contexto da prestação de cuidados perspectivado por cuidadores principais e secundários, e comparar estes dois grupos relativamente aos motivos subjacentes à assunção do papel de cuidador e às gratificações que decorrem desta experiência. Metodologia: Trata-se de um estudo quantitativo, não experimental, de tipo descritivo e comparativo. A amostra é constituída por 180 cuidadores informais de idosos dependentes: 90 cuidadores principais e 90 cuidadores secundários. Foram administrados três instrumentos: o índice de Barthel para avaliar o grau de dependência do idoso; um questionário geral para caracterizar a amostra, o contexto da prestação de cuidados bem como analisar os motivos subjacentes à assunção do papel de cuidador; e o Índice para a avaliação das satisfações dos cuidadores – CASI. Resultados: Os principais resultados indicam que: i) os cuidadores secundários são maioritariamente mais novos, casados, empregados a tempo inteiro, com habilitações literárias e rendimentos mais elevados que os cuidadores principais. Têm uma percepção do estado de saúde mais positiva e colaboram com o cuidador principal em tarefas como cuidados pessoais, apoio emocional e supervisão regular. ii) motivos de ordem afectiva, normativa e de evitamento da institucionalização parecem justificar o envolvimento na prestação de cuidados de ambas as sub-amostras; iii) cuidadores primários e secundários experienciam impactos positivos da experiência de cuidar; iv) as situações mais gratificantes são aquelas que perspectivam a pessoa dependente como a principal beneficiária. Implicações: Estes resultados permitem o planeamento de intervenções diferenciadas de apoio, formação, reconhecimento, valorização e incrementação de competências nos cuidadores principais e secundários ao longo de todo o processo. Só da articulação de todos os sistemas formais e informais pode resultar bem-estar, satisfação e incremento na qualidade de vida dos cuidadores, e consequentemente do idoso, evitando assim a sua institucionalização. ABSTRACT: Aims: Research in the field of Gerontology has mainly focused the primary caregiver and the negative impacts of careging experience. This study aims to characterize caregiving context, perspectived by principal and secondary caregivers, and to compare these two groups about the reasons behind the assumption of caregiving responsibilities and the resulting gratifications of this experience. Methodology: A quantitive, non experimental, descriptive and comparative study was conducted. The sample is composed by 180 informal caregivers of dependent elderly: 90 primary caregivers and 90 secondary caregivers. The instruments used were: i) Barthel Index (Mahoney and Barthel, 1965); ii) General questionnaire to collect socio-demographic data, caregiving context data and caregivers’ motives; and iii) Carers’ Assessment Satisfactions Index (Nolan, Grant and Keady, 1996). Results: The main results indicate that: i) the secondary caregivers tend to be younger, married, full time employees, with higher qualifications and incomes than primary caregivers; ii) secondary caregivers also perceive a better health status and collaborate with primary caregiver in some tasks (personal care, emotional support and regular supervision); iii) both sub-samples assume affective, normative and institutionalization motives for the assumption of caregiving responsibilities; iv) primary and secondary caregivers experiment positive impacts; v) the most gratifying situations are those that perspective the dependent elderly as the main beneficiary. Implications: These results help professionals and services to plan different interventions in order to support, recognize, value and enhance primary and secondary caregivers’ competences along the caregiving process. A genuine articulation between formal and informal support systems increases the chances to enhance caregivers’ quality of life and, consequently, avoid elderly person institutionalization. Mestrado em Gerontologia
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Figueiredo, Daniela de Rebelo de
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents