Document details

Potencial de aplicação de medidas de acalmia de tráfego na transformação do amb...

Author(s): Rodrigues, Pedro Ribeiro Manso Tavares cv logo 1

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10773/3444

Origin: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Subject(s): Planeamento urbano; Segurança rodoviária; Prevenção de acidentes; Tráfego rodoviário; Tráfego urbano


Description
O excesso de velocidade é considerado como a principal causa de morte na estrada. Corroborada pelos meios de comunicação social, a própria vivência urbana comprova que o número de acidentes, de mortos, de feridos graves e de feridos leves continua elevado e que Portugal ocupa um dos primeiros lugares europeus em matéria de sinistralidade rodoviária. A maior parte dos acidentes ocorre dentro das localidades, sendo que uma parte significativa ocorre em estradas nacionais e municipais que as atravessam. De facto, os troços de estrada que atravessam espaços urbanos, para além de constituírem eixos rodoviários onde importa salvaguardar condições de fluidez no trânsito de passagem, representam, ainda e muitas das vezes, a rua principal do aglomerado, onde se centram as actividades locais. Estes tipos de situações são comuns a vários países onde no mesmo troço de estrada coexistem, de forma nem sempre pacífica, funções ligadas à mobilidade e à acessibilidade local. Por um lado, o carácter urbano que a via adquiriu, fruto do desenvolvimento territorial, requer boas condições de acessibilidade aos serviços e comércio que a ladeiam garantindo, ainda, níveis de segurança elevados para todos os utilizadores envolvidos. Porém, face aos níveis de procura de tráfego, que podem atingir valores significativos, revela-se fundamental para a economia regional salvaguardar níveis de fluidez elevados. Esta acumulação de funções está, maioritariamente, na base dos conflitos graves gerados entre a utilização do mesmo espaço pelos vários utilizadores envolvidos. A acalmia de tráfego, na sua essência, procura atenuar a gravidade deste tipo de problemas, já que aposta na compatibilização das condições de circulação entre os diferentes modos de transporte que coexistem e partilham um determinado espaço “canal”. Este trabalho aborda a aplicação de medidas de acalmia de tráfego em trechos de atravessamento de povoações, voltadas para a minimização dos impactos do tráfego automóvel no atravessamento desses espaços. O trabalho centra-se no desenvolvimento de um conjunto de soluções integradas que funcionem como soluções padrão, que procurem responder a diferentes características de base (ao nível da procura de tráfego, das condicionantes territoriais, características do aglomerado, etc.) e que cubram a generalidade dos problemas tipificáveis em atravessamento de localidades. ABSTRACT: Excessive speed is considered as the main cause of death on the road. Supported by the media, the very urban experience shows that the number of accidents, deaths, and serious and minor injuries remains high, and that Portugal occupies one of the top places in terms of the rate of road accidents. Most accidents occur within localities, with a significant part happening in national and municipal roads that run through them. In fact, the road sections passing through urban spaces, in addition to being roads where it is important to maintain conditions to safeguard the free flow of traffic, are also often the main street of the agglomeration, where local activities are centralized. These types of situations are common to several countries where, in the same stretch of road coexist – not always peacefully – functions related to local mobility and accessibility. On one hand, the urban character that the route acquired, the result of territorial development, requires good accessibility to services and commerce that surround it, while ensuring high levels of safety for all users involved. However, given the levels of traffic demand, which can reach significant values, it is essential to the regional economy to safeguard high flow levels. This accumulation of functions is mainly on the basis of the serious conflicts generated between the usage of the same space by the various users involved. Traffic calming, in essence, tries to mitigate the severity of such problems, since it trusts in the compatibility of the conditions of movement between different modes of transport that coexist and share a given space “channel”. This paper addresses the implementation of traffic calming measures on sections crossing urban spaces, aimed at minimizing the impacts of car traffic on the crossing of those spaces. The work focuses on developing a set of integrated solutions that work as standard solutions and seeking to respond to different baseline characteristics (at the level of traffic demand, territorial constraints, agglomerate characteristics, etc.) and covering the generality of typable problems in crossing localities. Mestrado em Planeamento do Território - Ordenamento da Cidade
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Silva, Ana Maria César Bastos
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo