Document details

Variação morfológica de Melarhaphe neritoides ao longo de um gradiente latitudi...

Author(s): Leonardo, Maria Nélia Soares cv logo 1

Date: 2006

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10773/713

Origin: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Subject(s): Zonas costeiras; Gastrópodes; Fenotipos


Description
Algumas espécies de gastrópodes da família Littorinidae possuem um ciclo de vida que inclui uma fase larvar planctónica. As larvas são consideravelmente móveis na coluna de água e por isso os indivíduos que sobrevivem após um período de tempo depois do assentamento partilham um fundo genético comum. Em consequência disto, a adaptação local é limitada e a existência de algumas variações é explicada pela plasticidade fenotípica. A diferenciação morfológica da concha de Melarhaphe neritoides (Gastropoda, Littorinidae), com desenvolvimento larvar, foi analisada em vinte praias rochosas ao longo da costa de Portugal e da Galiza. A colheita foi efectuada no período de Novembro de 2003 a Setembro de 2004. Foram aplicados métodos de morfometria geométrica a amostras aleatórias de 30 organismos de cada local para permitir identificar variações na forma da concha ao longo do gradiente geográfico independentemente do tamanho dos organismos. Os resultados mostram existir diferenças significativas na forma da concha desta espécie ao longo de um gradiente de Norte para Sul, desde a costa da Galiza até à costa Centro de Portugal. A concha de Melarhaphe neritoides das regiões da Galiza e do Norte de Portugal é mais achatada no ápice e mais alargada, comparativamente com a concha das populações do Centro da costa portuguesa. Estas variações latitudinais na forma da concha podem ser atribuídas a pressões selectivas do ambiente. A variação da forma da concha observada nos espécimes das regiões Sul e Algarve-Sul não poderá ser atribuída exclusivamente a pressões selectivas do ambiente. Some gastropod species of the Littorinidae family include a larval stage during their life cycle. Larvae show considerable mobility in the water column and consequently individuals are thus recruited from a common gene pool. This prevents local adaptation, and the existence of minor adjustments is possible through a plastic phenotype. Shell morphological differentiation of Melarhaphe neritoides (Gastropoda, Littorinidae), a species with larval dispersal, was analysed by collecting molluscs at twenty rocky shores along the intertidal Portuguese and Galician coasts. Samples were taken from November 2003 to September 2004. Geometric-morphometric methods for landmark data allow us to disentangle size from shape components of the snail shell. These methods were applied using uphazardly taken samples of 30 individuals from each place, in order to identify shell shape variation along the latitudinal gradient. The results show significant differences in shell shape along a North-South gradient. Shells of Melarhaphe neritoides from the northern regions of Portugal and Galicia are characteristically more rounded in the apex and more globose than Central population shells of the Portuguese coast. This shell shape variation appears to be driven by particular habitat characteristics responsible of different selection pressure at a geographical scale. The effect of different selection pressure on shell shape variation of South and Algarve-South populations could not be established.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Queiroga, Henrique José de Barros Brito
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents


    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia