Document details

Impacto de actividades antropogénicas em comunidades de Lepitoptera e Odonata

Author(s): Monteiro, Bárbara Reis cv logo 1

Date: 2007

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10773/742

Origin: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Subject(s): Gestão de ecossistemas; Lepidópteros; Insectos; Biodiversidade


Description
Os Lepidópteros e Odonata são dois grupos de insectos que pelas suas características morfológicas concentram grande atenção por parte do público. A quantidade de informação existente referente aos primeiros é considerável, no entanto, no que diz respeito ao segundo grupo esta é um pouco mais escassa. Com este trabalho pretendeu-se enriquecer o conhecimento relativamente a este dois grupos e tentar compreender de que forma são afectados por algumas actividades humanas. O Vale da Ribeira do Mogo e da Charneca do Rio Seco representam uma pequena área de carvalhais bem conservados rodeada de tecido urbano e expostas a impactos antropogénicos, como pedreiras e suiniculturas. Embora esta não seja uma zona protegida existe uma proposta de classificação como área protegida de âmbito local. De Janeiro a Junho realizaram-se transetos a pé ao longo de ambos os vales. Foram identificadas 44 espécies, sendo 36 delas de lepidópteros e 8 de Odonata. No Vale do Mogo foram encontrados mais indivíduos e maior diversidade que no Vale da Charneca do Rio Seco. A actividade que revelou ter maior impacto sobre a comunidade estudada foi a extracção de pedra localizada no Vale do Mogo. A comunidade de invertebrados aquáticos foi também caracterizada através de amostragem realizadas das ribeiras de ambos os vales. Para a conservação da comunidade de insectos estudada é essencial preservar as manchas de vegetação autóctone existentes, assim como a prática de agricultura tradicional. ABSTRACT: The Lepidoptera and Odonata are two of the groups of insects that receive more attention from the public due to their morphological characteristics (bright and vivid colours mainly). There is significantly more information available on the first group than on the second. With these work we intended to enlarge the knowledge about this groups and try to understand how human activities affect them. The Ribeira of Mogo’s Valley and the Charneca of Rio Seco’s Valley are a small area of oak groves well conserved surrounded by urban areas and exposed to anthropological effects, such as quarries, pig breeding and agriculture. Thought this is not a protected area, there is a proposal of classification as protected area of local interest. During January to June transects by foot were done in both valleys. Fourthy four species have been identified, 36 of Lepidoptera and 8 of Odonata. In the Mogo’s Valley more individuals were found as well as more diversity than in the Rio Seco’s Valley. The structure that shows to have more impact on the studied community was a quarry, located in the Mogo’s Valley. The invertebrates aquatic community was also identified through monitoring of streams in both valleys. For the studied species to dwell both the existence of autochton groves and tradicional agriculture must be assured. Mestrado em Ecologia, Biodiversidade e Gestão de Ecossistemas
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Nogueira, António José Arsénia
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents