Document details

Requalificação de sistemas fluviais em ambiente urbano como instrumento de revi...

Author(s): Moreno, Pedro Amílcar cv logo 1

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10362/6159

Origin: Repositório Institucional da UNL


Description
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente, perfil Ordenamento do Território e Avaliação de Impactes A ausência de um correcto processo de ordenamento e planeamento territorial originou um uso e ocupação do solo inadequados causando a fragmentação dos sistemas naturais que os rodeiam e a sua consequente degradação. O processo de artificialização do meio natural ocorre sempre que o homem transforma o espaço de acordo com as suas necessidades e disponibilidade de recursos (Ferreira, 2009a). A urbanização é um dos processos de artificialização mais intensos e com impactos muito significativos sobre o território, recursos naturais em geral e sobre os sistemas fluviais em particular (Ferreira, 2009b). Na Área Metropolitana de Lisboa, o processo de urbanização e todas as actividades associadas, nomeadamente o sector imobiliário, tem incrementado o processo de transformação dos usos e ocupação dos solos, resultando num elevado grau de artificialização com impactos negativos e significativos no equilíbrio dos ecossistemas. Paralelamente, os próprios aglomerados urbanos começam a apresentar sinais evidentes de degradação do ambiente urbano com claras repercussões negativas para a qualidade de vida dos seus habitantes. É neste contexto que a existência de sistemas fluviais em meio urbano devem ser vistos como uma oportunidade. Os sistemas fluviais, nomeadamente as linhas de água constituem elementos vitais e estruturantes nos processos de requalificação de espaços urbanos degradados. Um projecto de requalificação que tenha estes sistemas como eixo central poderá promover a melhoria do ambiente urbano e também a melhoria do sistema natural receptor a requalificar. As técnicas de Engenharia Natural, proporcionam uma alternativa viável e ecologicamente mais correcta, uma vez que utilizam métodos e técnicas que permitem uma intervenção sustentável e mais adequada ao meio receptor, corrigindo e minimizando problemas e possibilitando soluções mais adaptadas ao contexto onde se inserem tirando partido das funções naturais dos sistemas fluviais. A presente dissertação discute a problemática da urbanização dos sistemas fluviais e tem como objectivo central a requalificação de uma linha de água em ambiente urbano degradado. Numa primeira fase, procedeu-se a uma análise espacial de toda a bacia hidrográfica com vista a uma caracterização territorial com o objectivo de conhecer a sua ocupação, o seu funcionamento, os principais problemas e constrangimentos bem como as suas oportunidades. Posteriormente e com base na análise espacial efectuada foi escolhido um troço de linha de água com o objectivo de elaborar uma Proposta de Requalificação e Valorização Ambiental. Esta proposta inclui a requalificação do troço escolhido, uma proposta de uso das margens compatível com a sua vulnerabilidade e necessidades dos habitantes (ex. agricultura urbana sustentável, criação de áreas de lazer e com fins educacionais, caminhos pedonais, ou simplesmente a reposição de margens com vegetação autóctone). Destaca-se ainda uma forte componente de educação e sensibilização da população afectada pela proposta com o objectivo de promover uma integração dos principais actores locais em toda a fase de execução, nomeadamente através da criação de Postos de Atendimento ao Cidadão.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Calvão, Maria Teresa
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents

No related documents