Document details

A convergência do mercado bancário da União Europeia

Author(s): Costa, José Manuel Piriquito cv logo 1

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/1024

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): convergência bancária; banca europeia; análise de convergência; comparações de sistemas bancários; banking convergence; European banking; convergence analysis; banking systems' comparisons


Description
A União Europeia (UE) implementou regras regulamentares uniformes para adopção pelos Estados membros, relativamente à actividade bancária, com maior relevância desde o início dos anos noventa. Admite-se que essa uniformização de regras regulamentares tenha contribuído para convergência da actividade bancária entre os países da UE. Por outro lado, também se admite que a globalização das economias tenha contribuído para semelhante convergência. Neste trabalho faz-se uma investigação empírica sobre a convergência de 12 países da UE e de 4 não comunitários com sistemas financeiros desenvolvidos, relativamente a custos e a proveitos operacionais, à estrutura financeira, à eficiência e à rendibilidade. Foram utilizados dados relativos aos anos de 1993 a 2003. A metodologia consistiu na comparação de médias, através de análises de variância e na utilização dos /-convergência e cr-convergência, habitualmente usados nos estudos de convergência macroeconómica entre países e entre regiões. Por ter sido encontrada evidência de diferenças entre os três segmentos de bancos comunitários contidos na amostra (bancos comerciais, cooperativos e de poupança), foram efectuadas análises conjuntas e separadas por segmento. Foi encontrada evidência de convergência no que se refere a custos e a proveitos operacionais e à estrutura financeira (esta mais nos bancos cooperativos e de poupança). Foi também encontrada evidência dos bancos comerciais da UE terem iniciado o movimento de convergência antes dos outros segmentos da UE e também antes dos bancos comerciais não comunitários. The European Union (EU) has implemented prescribed uniform rules to be adopted by its state members, relatively to the banking activity, with bigger relevance since the beginning of the Nineties. One admits that those prescribed uniform rules have contributed for the convergence of the banking activity in EU state members. On the other hand, one admits that the economies' globalization has also contributed for similar convergence. In the present work, an empirical research is made about the convergence of 12 state members and 4 not communitarian with developed financial systems, relatively to operational costs and income, financial structure, efficiency and profitability. Data relative to years 1993 to 2003 have been used. The methodology used consisted in the average comparison, through variance analyses and the usual /-convergence and cr-convergence in macroeconomics convergence studies between countries and between regions. Having found evidence of differences between the three segments of the sample communitarian banks (commercial banks, cooperative banks and savings banks), joint and separate analyses for segment have been made. Evidence of convergence in income and operational costs and in the financial structure was found (this last one more in the cooperative banks and savings banks). Was also found evidence that the commercial banks in the EU have initiated the convergence movement before the other segments of the EU and also before the not communitarian commercial banks. Doutoramento em Gestão
Document Type Doctoral Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Neves, João Carvalho das
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents