Document details

Implicações da mudança de paradigmas dos conceitos de Segurança e de Defesa no ...

Author(s): Afonso, Patrícia Susana Viana cv logo 1

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/3403

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Segurança; Defesa; Indústria; Equipamentos; Tecnologias; Duplo-uso; BTID; BTID; Security; Defence; Industry; Equipments; Technologies; Dual use


Description
Dissertação de Mestrado em Estratégia O presente trabalho aborda as implicações que a mudança de paradigmas dos conceitos de segurança e de defesa podem trazer para o desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa (BTID) nacional, ao nível dos desafios e oportunidades que vão surgindo. Actualmente mais interligados e complementares, as alterações de entendimento destes dois conceitos podem suscitar novas questões a ter em conta pela indústria nacional de defesa, nomeadamente, em relação à importância que os equipamentos e tecnologias de duplo-uso irão ter no futuro. Na sequência do desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa europeia no seio da EDA, surgiu a necessidade de Portugal, enquanto Estado-membro desta Agência, desenvolver a sua própria BTID de modo a fazer face às exigências a nível europeu em termos de defesa. Desta forma, a Estratégia de Desenvolvimento da BTID Nacional foi aprovada a 6 de Abril de 2010 em Conselho de Ministros, com a finalidade de fortalecer a indústria de defesa nacional e dos sectores transversais (aeronáutica, espaço, segurança e mar) a esta, com vista a substituir a condição de Portugal como mero comprador de equipamento militar para a de participante em projectos multinacionais tecnológicos de duplo uso. Para um país de pequenas dimensões como Portugal, e na actual situação de crise que se vive, o desenvolvimento da BTID nacional deve ser encarado como um projecto susceptível de dinamizar a economia, ao potenciar as capacidades e oportunidades do tecido tecnológico e industrial nacional na área da defesa, tornando a sua afirmação e actuação no mercado nacional e internacional de Defesa, mais eficaz, competente e competitiva. This paper addresses the implications of the changing paradigms of the concepts of security and defense may bring to the development of the national Defence Technological and Industrial Base (DTIB), both in terms of challenges and opportunities as they arise. Currently more interconnected and complementary, the changes in understanding these two concepts may raise new issues to take into account by the national defense industry, particularly at the level of importance that dual-use equipment and technologies will have in the future. Following the development of the Industrial and Technological Base of Defence at the European level within EDA, the need of Portugal, as a State member of this agency, to develop its own DTIB arose, in order to meet the requirements at European level in terms of defence. Thus, the strategy for the development of the National DTIB was approved April 6th, 2010 in Council of Ministers, with the aim of strengthening the national defense industry and related sectors (aeronautics, space, security and sea), in order to change the condition of Portugal as a mere buyer of military equipment to a participant in multinational projects with dual-use technology. For a small country, as is the case of Portugal, and in the current crisis, the development of the national technological and industrial defence base must be seen as an opportunity to boost the economy, by enhancing existing capabilities and opportunities in the defence industry. This will help to improve its efficiency, competence and competitiveness in the national and international defence markets.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Graça, Pedro Borges
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Related documents


    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia