Document details

Activos intangíveis numa empresa de prestação de serviços - transição do POC pa...

Author(s): Correia, Ana Isabel Franco cv logo 1

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/3414

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Sistema de Normalização Contabilística; Plano Oficial de Contabilidade; Activos intangíveis; NCRF 3; NCRF 6; System Accounting Standards; the Official Accounting; Intangible Assets; NCRF 3; NCRF 6


Description
Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais O Sistema de Normalização Contabilística (SNC) enquadra-se na estratégia da União Europeia e na necessidade de procurar a harmonização contabilística que promova uma maior integração no mercado único europeu. Neste trabalho de projecto pretende-se analisar as principais diferenças qualitativas e quantitativas entre o novo sistema de normalização contabilística e o plano oficial de contabilidade (POC) no tocante aos activos intangíveis de uma empresa de serviços. Em termos qualitativos, a transição para o novo sistema contabilístico reflectiu-se em mudanças significativas na definição, reconhecimento, mensuração e divulgação dos activos intangíveis. O impacto de adopção do novo sistema contabilístico aos activos intangíveis da empresa estudada, concretamente nas carteiras de clientes adquiridas, foi sobretudo no cálculo da vida útil estimada, que deverá passar de 5 para 12 anos. Este ajustamento, conjuntamente com o desreconhecimento de cerca de 38 % dos contratos de manutenção em elevadores, teve um impacto de 2.790.307,92 euros no valor total do activo intangível e cerca de 741.410,65 euros no capital próprio.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Silva, Cristina Gaio Silva Martins da
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia