Document details

Avaliação dos efeitos da crise financeira nas actividades das caixas de crédito...

Author(s): Coelho, Maria Leonor Soares cv logo 1

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/3480

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Crédito Agrícola; Crise Subprime; Liquidez; Sector bancário português; Solvabilidade; Testes de stress; Subprime crisis; Liquidity; Portuguese banking sector; Solvency; Stress test


Description
A crise Subprime tem afectado variados sectores económicos e financeiros, sendo o seu impacto particularmente significativo no sector das instituições de crédito, quer nacionais quer estrangeiras. Este trabalho tem como objectivo avaliar em termos gerais qual o impacto da crise Subprime na actividade do sector bancário português e determinar o real comportamento das Caixas de Crédito Agrícola em contraponto com as restantes instituições financeiras do País, uma vez que, ao contrário das suas congéneres espanholas, Caixa de Aforro, estas não apresentavam sinais de terem sido fortemente afectadas pela crise Subprime. Para tal, procede-se a um estudo do sector bancário português, começando-se por apresentar uma breve caracterização deste sector durante o século XX, seguida de uma aferição ao enquadramento macroeconómico adverso, das medidas tomadas pelo Governo Português para conter e resolver a crise financeira e às principais propostas de Basileia III. Foi igualmente analisado o aumento da procura por produtos financeiros de estrutura complexa, a ausência de liquidez nas Caixas de Aforro espanholas e as reestruturações feitas ao sistema financeiro espanhol, prevenindo os problemas regionais. A fim de permitir a análise do comportamento do Crédito Agrícola comparativamente com as restantes instituições financeiras portuguesas, observaram-se os respectivos rácios de capital e níveis de liquidez, concluindo-se acerca do risco de solvência e das necessidades de aumento de capital. Os resultados indicam que o Crédito Agrícola apresenta níveis de solvabilidade e de liquidez superiores às demais instituições financeiras portuguesas, não tendo sido especialmente afectado pela actual crise financeira. The Subprime crisis has affected various economic and financial sectors. Its impact was particularly significant in the sector of credit institutions, both national and foreign. This paper aims to evaluate, in a general manner, the impact of the Subprime crisis in the Portuguese banking sector activity and determine the actual behaviour of the Crédito Agrícola banks in comparison with the remaining financial institutions in the country, since, unlike the neighbour country, the Spanish savings banks, these showed no signs of having been strongly affected by the Subprime crisis. In order to do so, we studied the Portuguese banking sector, beginning by presenting a brief characterization of this sector during the twentieth century, followed by a measurement to the adverse macroeconomic environment, the measures taken by the Portuguese government to contain and resolve the financial crisis finalizing with the main proposals for Basel III. We also analyzed the increase in the demand for financial products with a complex structure, the lack of liquidity in the Spanish savings banks and the restructuring done by the Spanish financial system, preventing regional problems. In order to analyze the behaviour of Crédito Agrícola in comparison with the other Portuguese financial institutions, we studied the respective capital ratios and liquidity levels, concluding about the solvency risk and the necessities of capital increase. The results indicate that Crédito Agrícola presents levels of solidness and liquidity superior to the other Portuguese financial institutions, seeing as it wasn't particularly affected by the current financial crisis. Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lopes, José Manuel Dias
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo