Document details

Emoções, atitudes e comportamentos do consumidor perante a presbiopia

Author(s): Silva, Alberto Manuel da Silva Augusto Alves da cv logo 1

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/709

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): comportamento do consumidor; atitudes; emoções; presbiopia; envelhecimento; Consumer behavior; attitudes; emotions; presbyopia; ageing


Description
Mestrado em Marketing Com o aumento da esperança de vida, as necessidades da população vão sendo alteradas e o consumidor acompanha todo este processo evolutivo. Este trabalho pretende estudar as emoções, atitudes e comportamentos do consumidor perante a evidência da presbiopia, que é a necessidade de usar óculos de ver ao perto e que surge por volta dos 40 anos de idade. Esta problemática revela-se importante uma vez que numa fase precoce da sua vida evidencia sinais exteriores de envelhecimento, associados aos estereótipos e às crenças de cada um, que não correspondem à sua própria realidade. Foi elaborado um questionário, baseado na teoria do comportamento planeado, de forma a serem testadas hipóteses de estudo, e aplicado a 81 indivíduos presbitas, na zona da Grande Lisboa, à saída de estabelecimentos de óptica. O questionário aferia questões relativas à intenção, atitude, norma subjectiva e controlo comportamental per¬cebido, bem como crenças e valores relacionados com comportamentos específicos. Os resultados demonstram que os indivíduos quando entram na presbiopia se sentem mais velhos do que aqueles que usam óculos de ver ao perto há mais tempo (presbitas confirmados). Não foram encontradas diferenças quanto ao sexo, relativamente ao sen¬tir-se mais velho pelo uso de óculos de ver ao perto. Entre jovens presbitas e presbitas confirmados, não foram encontradas diferenças relativas à necessidade de recolha de informação, acerca da presbiopia, mas ambos atribuem importância ao acesso da informação. Por último, percebe-se que os jovens presbitas têm maior preocupação em serem vistos como velhos que os presbitas confirmados. As life expectancy increases, the needs of the population continuously change and the consumer follows all this evolutionary process. This dissertation intends to study emo¬tions, attitudes and behaviors of the consumer towards the evidence of presbiopia, which is the need to wear spectacles for near reading and appears around 40 years of age. This problem reveals important once at this precocious stage of one's individual life it evidences exterior signs of ageing, associated to stereotypes and beliefs of each one, which do not correspond to one's own reality. It was elaborated a questionnaire, based on the theory of planned behavior, to test hy¬pothesis, and applied to 81 presbyope individuals, in Lisbon, while exiting the optician. The questionnaire examined questions regarding Intention, Attitude, Normative Beliefs and Perceived Behavior Control, as well as behavior beliefs and outcome evaluations regarding specific behaviors. The results reveal that individuals, when becoming presbyopes, feel older than individu¬als that are older presbyopes (confirmed presbyopes). There were no differences found, regarding sex, towards the feeling of being older when using near vision spectacles. Between younger presbyopes and older ones there wasn't any difference found regard¬ing the acquisition of information, about presbyopia, but they both believe to be impor¬tant the access to information. Lastly, younger presbyopes have greater concern about being seen as old people, than older presbyopes do.
Document Type Master Thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Freitas, Carlos Manuel Pinho de Lucas de
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo