Document details

Text not informed by the author

Author(s): Paco Alvaro Enríquez Martínez

Date: 2010

Origin: OASIS br

Subject(s): Ambiente Universitário; Social psychology; College environment; Recursos Humanos; Knowledge management; Psicologia Social; Gestão do conhecimento; Psicologia Organizacional; Organizacional psychology; Personnel


Description
Esta tese tem por objetivo investigar a gestão do conhecimento na sociedade do presente momento histórico, como um dos produtos esperados da universidade O conhecimento tem uma função crucial na produção de recursos econômicos. O conhecimento alimenta a sociedade como um todo desde que foram instalados o desenvolvimento e a preocupação com a qualidade como ordem lógica de produção. O conhecimento é uma questão estudada desde o início da sociedade como meio de compreensão do mundo; mas hoje o conhecimento tem sido abordado como instrumento econômico e freqüentemente tem sido confundido com informação. A gestão do conhecimento tem sido um dos principais alvos da missão das universidades na sociedade. Estas tornaram-se na principal referência para a produção e desenvolvimento do conhecimento. Desde o início da era das telecomunicações, esse papel tradicional das universidades começou a ser compartilhado com outras instituições, como as empresas, as consultorias e os institutos privados de pesquisa. No início do século XXI, surgiram dúvidas sobre o papel e o poder das universidades na produção de conhecimento, tal como exigidos pela produção econômica. Desde então, a gestão do conhecimento tem sido disputada entre as universidades e aquelas instituições. Essa disputa levanta muitas questões tais como \"se as universidades ainda estariam liderando esse processo?\" \"Se não, quem o estaria liderando?\" \"Neste caso, qual tem sido o lugar das universidades em relação às demandas de conhecimento por parte da sociedade?\" E finalmente \"Qual é o relacionamento das universidades com aquelas instituições com as quais ela compartilha a produção de conhecimento?\" Para responder a essas questões foram programados dois caminhos para serem integrados como o conteúdo desta tese. O primeiro consistiu na análise ampla das exigências de gestão do conhecimento por parte da sociedade e do papel e das realizações das universidades frente essa demanda de gestão; e o segundo consistiu em um levantamento empírico da opinião de especialistas em gestão do conhecimento sobre o papel ideal e o papel desempenhado pelas universidades na realização de sua missão. Especialistas foram entrevistados e suas respostas submetidas à análise de conteúdo, através de dois métodos, o programa NUD*IST 6 e a metodologia tradicional das ciências sociais para esse fim. Os resultados revelaram que as universidades, de fato, compartilham a produção de conhecimento com outras instituições e que têm sido incapazes de liderar esse processo na sociedade atual, embora elas não estejam à margem dessa atividade. Elas não lideram, mas ainda mantém influência significativa na produção e gestão do conhecimento. The present study aims at investigating knowledge management in the present day society as one of the outcomes expected from universities. Knowledge plays a crucial role as society\ s economic input. Knowledge fuels society as a whole since the fast technological development and the concern with quality turned into the new logical order of production. Knowledge is an issue studied from the beginning of society for the sake of the understanding of the world but today it has been approached as an economy instrument and quite often misunderstood as information. Its management has been one of the main targets in the mission of the universities. The latter have turned into the main reference concerning the production and development of knowledge. Since the beginning of the telecommunication era, that traditional role of the universities started to be shared with other institutions such as enterprises, consultancies and private organizations dedicated to the production of applied research. In the beginning of the XXI century doubts came up about the role and power of the universities to provide knowledge as required by the economic production. Knowledge management has been disputed by universities and those institutions. That dispute raises many questions such as \"whether universities are leading that process?\" \"If they are not, who is leading it?\" \"In that case what is the role of the universities in relation to the demands of society for knowledge?\" And finally, \"what are the relationships between universities and those organizations which share with them the production of knowledge?\" In order to provide answers to these questions, two paths were designed and integrated as the content of this thesis. First, a broad analysis of both the requirements of knowledge management and the doings of universities were carried out; and secondly an empirical survey of the opinion of some experts in knowledge management about the ideal and the performed roles of the universities to accomplish that mission. The experts were interviewed and their answers were subjected to content analysis both through the NUD*IST 6 and the traditional methods used in social sciences. The results revealed that the universities are indeed sharing the production of knowledge but have been unable to lead that process in the present day society although they are not aside of that track. They do not lead but have significant influence in it.
Document Type Other
Editor(s) Sigmar Malvezzi; Tania Fator; Seiji Uchida; Marcelo Afonso Ribeiro; Sigmar Malvezzi; Erico Renteria Perez
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia