Document details

MATTHEW LIPMAN E A FILOSOFIA PARA CRIANÇAS

Author(s): Gizele Geralda Parreira Elias

Date: 2005

Origin: OASIS br

Subject(s): Matthew Lipman; EDUCACAO; Educação; Education; children; Criança; Ensino; Philosophy; Matthew Lipman; Filosofia


Description
Este estudo busca uma reflexão sistematizada da proposta existente no programa de Filosofia para Crianças de Matthew Lipman e sua alusão na formação educacional dos infantes desde os primeiros anos escolares. Para tanto, examinamos as considerações a respeito da criança, buscando em teóricos de diferentes épocas, sustentações que nos permitiram construir o conceito de infância. Investigamos também, os conceitos de educação e o de pensar que se entrecruzam ao analisarmos uma proposta cuja finalidade é iniciar as crianças na Filosofia. Isto posto, analisamos os pressupostos teóricos e metodológicos do programa de Filosofia para Crianças suscitando os elementos constitutivos de sua estruturação, sua legitimidade e suas implicações numa Educação para o Pensar. Em seguida pontuamos sobre os aspectos comuns às crianças e aos filósofos conferindo possibilidades de aproximação. Sendo a filosofia uma área do conhecimento essencial para a formação do pensamento reflexivo, e considerando a importância de pensar melhor os elementos presentes na proposta elaborada por Matthew Lipman, realizamos uma leitura da Filosofia subjacente nos pressupostos deste pensador. Nas considerações finais, buscamos os limites e as possibilidades da proposta norte-americana de Filosofia para Crianças. Para tanto, analisamos o papel do professor e do sistema educacional frente a uma proposta de educação para o pensar, propondo uma interlocução com o filósofo francês, Gaston Bachelard, a fim de articular elementos que corroboram a necessidade de uma postura diferenciada dos educadores no sentido não de ensinar coisas, mas de ensinar a pensar. This research tries to achieve a systematic reflection of the purpose of Matthew Lipmans Philosophy program for Children and its allusion in the educational formation of the infants since the first school years. For this, we examined the considerations about the child looking for, in the theorists from different times, support that permitted us to construct the concept of childhood. We also examined the concepts of education and of the thought that rise when we analyze a purpose whose objective is to initiate children to the Philosophy. Then, when we analyze the theoretical and methodological presuppositions of the Philosophy program for Children raising the constitutive elements of its structure, its legitimacy and its implications in an education to think. After this, we reflect about the common aspects to the children and to the philosophers creating possibilities for them to stay together. Since the Philosophy is a branch of knowledge that is essential to the formation of the rational thoughts and, considering the importance of thinking better the elements that appear in the purpose, elaborated by Matthew Lipman, we also did a reading of the subjacent Philosophy in the presuppositions of this thinker. At the final considerations, we looked for the limits and the possibilities of the north-american purpose of Philosophy for Children. For this, we analyzed the role the teacher plays and the educational system presented in the lipmanian program, making the purpose of a conversation with a theoretical perspective, which corroborates the necessity of a different position of the educators in the sense of not teach things, but teach how to think.
Document Type Other
Editor(s) Marcos Antônio Lorieri; JOSÉ TERNES; MARIA HELENA DE OLIVEIRA BRITO
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo