Document details

Determinação da condutividade termica e da resistencia mecanica em argamassa leve

Author(s): Augusto Cesare Stancato

Date: 2000

Origin: OASIS br

Subject(s): Argamassa; Calor - Condução; Normalização; Resistencia de materiais; Absorção; Agregados (Materiais de construção)


Description
This work deals the determination of the thermal conductivity and the mechanical strength in light mortar with soft aggregate, evidencing the features term-insulators of the composite and analysis of the main aspects of the cement composite, concerning to its mechanical characteristics. The procedure adopted for determination of thermal conductivity, has the purpose of evaluate the degree of reliability of the considered method of measurement, having as ~ase the results of the test carried through with samples, whose features previously are known. The mixtures were made with Portland cement (CPII-E 32 and CPV-ARl 32), vegeta! aggregate and proportional water to each mixture (1:0.4:0.84 , 1:0.4:1.36 , 1:0.6:1.28 e 1:0.6:1.50>. Resu/ts oflight mortar have shown higher values in tension strength and mass water absorption and smaller penetration water than conventional mortars. A simple method was usea for determination of thermal conductivity, being of easy application and with low operationa! cost, contributing for its standardization as an specific method to be employed in materiais civil construction Este trabalho visa a determinação da condutividade térmica e da resistência mecânica em argamassa leve, evidenciando as características termo-isolantes do compósito e análise dos principais aspectos do compósito cimento-agregado vegetal, em relação às suas propriedades mecânicas. O proce.dimento adotado para a determinação da condutividade térmica, teve como finalidade avaliar o grau de confiabilidade do método de medição proposto, tendo como base os resultados dos ensaios realizados com amostras, cujas características são previamente conhecidas. As misturas foram elaboradas com os cimentos Portland CPII-E 32 e CPV-ARI 32, traços em massa de agregado vegetal utilizado na forma de agregado miúdo leve, provenientes de partículas de madeira, e água proporcional a cada traço da mistura (.1:0.4:0.84, 1:0.4:1.36, 1:0.6:1.28 e 1:0.6:1.50). A partir dos ensaios realizados, a argamassa leve apresentou maiores valores de resistência a tração e absorção em massa, menor altura de penetração de água e menores valores de condutividade térmica em relação às argamassas convencionais. Utilizou-se um método simples para determinação da condutividade, de fácil aplicação e baixo custo operacional, contribuindo para a normatização de um método específico para materiais de construção civil
Document Type Other
Editor(s) Mauro Augusto Demarzo; Antonio Ludovico Beraldo; Vladimir Antonio Paulon
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia