Detalhes do Documento

Explorando a Mudança em Controlo de Gestão: O Caso dos CTT - Correios de Portugal

Autor(es): Robalo, Rui Manuel da Costa cv logo 1

Data: 2011

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10216/10770

Origem: Repositório Aberto da Universidade do Porto

Assunto(s): Contabilidade de gestão; Processos de mudança; Confiança; Poder; Estudo de caso.; Management accounting; Processes of change; Trust; Power; Case study.; CIÊNCIAS EMPRESARIAIS; Porto


Descrição
This thesis is the result of a longitudinal in-depth case study conducted from January 2003 until February 2006 within a public sector Portuguese postal company, POST, in order to enhance comprehension about the adoption, implementation and use in practice of two new management accounting systems in this specific organisation. The current thesis is composed of three essays that explore several issues of the processes of management accounting change in POST. In the first essay I argue that trust-building processes are crucial for a better understanding of the decision-making processes that lead companies to adopt new management technologies such as management accounting systems. Although there are economic and organisational arguments which may suggest that the implementation of a new management accounting system is due to efficiency reasons, these arguments alone are not sufficient to decide on its adoption. Trust relationships between the parties involved are needed for new management accounting systems to be introduced in organisations. At POST, the trust-building processes between a series of Boards of Directors and two other bodies consultancy firms and the Planning and Control Office (PCO), which is an internal organisational area were fundamental in the adoption of two new management accounting systems. The PCO, as well as the consultants, argued for the introduction of these systems based on reasons of efficiency in order to convince each of the successive Boards of their usefulness. However, it was the different types of trust built up between the afore-mentioned bodies through repeated interactions over time that eventually led one of the Boards to adopt these systems. The different types of trust built up are identified in this essay according to Kramer s (1999) proposed definitions. In the second essay I investigate how and why the implementation processes of two new management accounting systems in POST were influenced by strategies of power. In particular, I explore the strategies of power adopted by a particular organisational area, the PCO, intended to maintain its power position within POST. The strategies of power adopted by the PCO are interpreted in the light of the different dimensions of power proposed in Hardy s (1996) framework. Furthermore, I extend this framework as a result of the limitation it has in explaining the `power of the system in POST, which encompasses both `unconscious and `conscious behaviours. In the third essay, insights from Burns and Scapens (2000) framework, including its extensions, have been applied in order to explain the existing gap between the rules of the newly implemented management accounting systems and their use in practice (routines). The study adds some theoretical insights to Burns and Scapens framework. Firstly, it demonstrates that a change that follows established routines and institutions may be as difficult to implement as a change that challenges them. Secondly, it emphasises the importance of trust and power issues in understanding how the new management accounting systems were used in practice at POST. In so doing, it contributes towards extending the focus of management accounting change difficulties to other additional entities, from users to implementers and sponsors. Finally, this study shows that external pressures are important for initiating change as well as managing the processes of change in subsequent stages. Ciências Empresariais Esta tese resulta de um estudo longitudinal realizado numa empresa pública do sector postal, POST, entre Janeiro de 2003 e Fevereiro de 2006, com o objectivo de compreender a adopção, a implementação e a utilização na prática de dois sistemas de contabilidade de gestão nesta organização específica. A presente tese é composta por três ensaios que exploram vários aspectos dos processos de mudança na POST. No primeiro ensaio defendo que processos de construção de confiança são fundamentais para levar as organizações a adoptar novas tecnologias de gestão, tais como sistemas de contabilidade de gestão. Embora existam argumentos de natureza económica e organizacional que possam sugerir que a implementação de um novo sistema de contabilidade de gestão tem por base factores de eficiência, estes argumentos só por si não são suficientes para decidir a sua adopção. Relações de confiança entre as partes envolvidas nos processos de adopção são necessárias para que novos sistemas de contabilidade de gestão sejam introduzidos nas organizações. Na POST, processos de construção de confiança entre vários conselhos de administração e duas outras entidades empresas de consultadoria e o Gabinete de Planeamento e Controlo (adiante designado por PCO), o qual é uma área organizacional interna foram fundamentais na adopção de dois novos sistemas de contabilidade de gestão. O PCO, assim como os consultores, defenderam a introdução destes sistemas com base em razões de eficiência, com o objectivo de convencer cada um dos sucessivos conselhos de administração acerca da sua utilidade. No entanto, foi a construção de diferentes tipos de confiança entre as entidades acima referidas e os conselhos de administração que, através de repetidas interacções ao longo do tempo levaram, finalmente, um dos conselhos de administração a adoptar estes sistemas. Os diferentes tipos de confiança construídos são identificados neste ensaio tendo por base as definições propostas por Kramer (1999). No segundo ensaio desta tese investigo como e porquê os processos de implementação dos dois sistemas de contabilidade de gestão na POST foram influenciados por estratégias de poder. Em particular, analiso as estratégias de poder adoptadas por uma área organizacional específica, o PCO, durante os processos de implementação com o objectivo de manter a sua posição de poder na POST. As estratégias de poder adoptadas pelo PCO são interpretadas tendo por base as diferentes dimensões de poder propostas no modelo teórico de Hardy (1996). Por sua vez, estendo este modelo em consequência da sua limitação em explicar o poder do sistema na POST, o qual compreende simultaneamente comportamentos `inconscientes e `conscientes . No terceiro ensaio, ideias defendidas pelo modelo teórico de Burns e Scapens (2000), incluindo as suas extensões, foram utilizadas para explicar o hiato existente entre as regras dos novos sistemas de contabilidade de gestão e o uso destes sistemas na prática (rotinas). O estudo acrescenta algumas ideias teóricas ao modelo de Burns e Scapens (2000). Em primeiro lugar, demonstra que a mudança que segue as rotinas e instituições estabelecidas na organização pode ser tão difícil de implementar como a mudança que as desafia. Em segundo lugar, enfatiza a importância de aspectos de confiança e de poder na compreensão de como os novos sistemas de contabilidade de gestão são utilizados na prática na POST. O estudo consegue, assim, contribuir para estender a outras entidades, responsáveis pela implementação dos sistemas e patrocinadores, o foco das dificuldades relacionadas com a mudança em contabilidade de gestão. Por último, mostra ainda que pressões externas são importantes para iniciar a mudança, assim como para gerir os processos de mudança em estádios subsequentes.
Tipo de Documento Tese de Doutoramento
Idioma Português
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados