Detalhes do Documento

As novidades da mudança em diferentes contextos terapêuticos

Autor(es): Silva, João Carlos Batista cv logo 1

Data: 2008

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10348/178

Origem: Repositório da UTAD

Assunto(s): Métodos psicoterapêuticos; MI (Momento de inovação); SCMI (Sistema de codificação dos momentos de inovação); 615.85; 159.97


Descrição
Este trabalho de investigação apresenta a aplicação do Sistema de Codificação de Momentos de Inovação (SCMI) (Gonçalves, Matos & Santos, 2008) a diferentes contextos terapêuticos, estando dividido em dois artigos científicos. No primeiro artigo é delineado o enquadramento teórico do conceito de Momento de Inovação (MI) e apresentado o SCMI. O conceito de MI deriva de um enquadramento narrativo e da noção de que a mudança emerge de um processo de comparação, de identificação das novidades da diferença como elementos básicos precursores da mudança efectiva das pessoas. No segundo artigo apresenta-se o estudo exploratório da aplicação do SCMI a oito modelos terapêuticos diferentes. Os resultados sugerem que o SCMI é aplicável a diferentes modelos terapêuticos, caracterizando a emergência e tipologia dos momentos de inovação nas sessões analisadas. Apresenta-se igualmente a noção de que algumas estratégias terapêuticas podem estar associadas à identificação de determinados tipos de momentos de inovação. Neste artigo discutem-se as implicações da adopção de uma epistemologia interpretativa e discursiva para a psicoterapia. A centração no significado, e o seu carácter construído culturalmente, a importância dada aos contextos, o carácter constitutivo e performativo da linguagem, as práticas e o posicionamento discursivos são aspectos que caracterizam esta abordagem. As implicações desta perspectiva na psicoterapia estão associadas à atenção dada aos contextos de negociação do significado, à visibilidade das relações de poder e à noção da pessoa como construtora activa dos significados de vida. Apresenta-se igualmente a metáfora narrativa como elemento central desta epistemologia. Decorrente da noção de resultado único, proposto por White e Epston (1990) no modelo de re-autoria narrativa, discute-se o conceito de momento de inovação e a utilização do sistema de codificação dos momentos de inovação (SCMI) (Gonçalves, Matos & Santos, 2008). O SCMI permite identificar os elementos da mudança à medida que ocorrem, propondo diferentes tipos de momentos de inovação, conceptualizados como excepções à narrativa problemática. This research work presents the application of the Innovative Moments Coding System (SCMI) (Gonçalves, Matos & Santos, 2008) to different therapeutic settings and is divided in two scientific papers. In the first paper the theoretical framework of the Innovative Moment concept is outlined. This concept has a narrative framework, developed from the idea that change emerges from a comparison process, that the identification of the novelties of difference is the basic elements preceding the actual change in persons. The second paper presents the exploratory study conducted with the application of the SCMI to eight different therapeutic models. The results suggest that the SCMI is applicable to different therapeutic models, characterizing the emergence and types of innovative moments in the different studied sessions. It is also argued that some therapeutic strategies may be connected to the identification of specific types of innovative moments. This article discusses the implications to psychotherapy of the interpretative and discursive epistemology. The central role of meaning and its cultural construction, the importance of context, the constitutive and performative use of language and the discursive positioning are features of this epistemology. The implications of this perspective are associated with the contexts of meaning negotiation, the visibility given to power relations and with the notion that the person is an active agent in the construction of the meanings of his/her life. It’s also presented the narrative metaphor as central element of this epistemology. Departing from White and Epston (1990) notion of unique outcome, from the narrative re-authorship model, it is presented the concept of innovative moment. Considered as the exceptions to the problematic narrative, innovative moments are the elements of the ongoing change process. The innovative moments coding system (SCMI) is also presented and discussed. Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Gonçalves, Miguel M.
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo