Detalhes do Documento

Proposta de Intervenção de reabilitação energética de edifícios de habitação

Autor(es): Jardim, Fátima Maria Gomes cv logo 1

Data: 2009

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/1822/10703

Origem: RepositóriUM - Universidade do Minho

Assunto(s): Eficiência Energética; Reabilitação; Térmica; Sustentabilidade; Efficiency; Rehabilitation; Thermal; Sustainability; 697


Descrição
Dissertação de mestrado em Engenharia Civil (área de especialização em Materiais, Reabilitação e Sustentabilidade da Construção) O desperdício energético constitui um dos factores de maior impacto sobre o desequilíbrio ambiental enfrentado pelo planeta. Actualmente, em Portugal o sector de edifícios consome aproximadamente 31% da energia final utilizada no país, situando-se como o sector mais importante, logo a seguir ao dos transportes. Deste valor o sector residencial é responsável por cerca de 18% do consumo, contribuindo significativamente para a emissão de gases com efeito de estufa. O consumo de energia depende de muitas variáveis, contudo pode-se afirmar que a componente principal resulta do uso quotidiano do edifício. No geral, o consumo provém de duas condições: uso intensivo de instalações (aquecimento e arrefecimento, iluminação, equipamentos, etc.) e um comportamento extremamente dissipativo do edifício (edifícios sem isolamento térmico e ou sem inércia térmica). O parque habitacional português supera actualmente os 5,5 milhões de alojamentos familiares clássicos, pelo que o potencial de poupança neste sector é muito significativo. O presente trabalho consistiu no estudo da reabilitação energética de edifícios existentes pela redução do consumo energético, através de medidas de reforço térmico na envolvente. Com efeito apesar de não existir qualquer obrigatoriedade dos proprietários procederem à realização de obras, tendo em vista a melhoria do desempenho energético, esta dissertação demonstra que existem vantagens objectivas que podem tornar essa decisão bastante favorável. Um dos argumentos mais decisivos será a evidência de que o investimento inicial é recuperado num período de tempo relativamente curto, considerando o tempo de vida útil dos edifícios. Para compreender a importância da reabilitação energética recorreu-se a dois casos de estudo representativos da construção corrente, para habitação, praticada em Portugal nas últimas décadas. A metodologia desenvolvida atende aos trabalhos de caracterização do desempenho energético do existente e o diagnostico preciso das deficiências apresentadas, propondo soluções de reabilitação térmica e energética, percebendo se as mesmas reduzem o consumo de energia ao ponto de se tornarem económica e ambientalmente sustentáveis. Adoptou-se a metodologia simplificada usada no actual RCCTE. Foram consideradas variações de reforço e de espessura de isolamento para efectuar as simulações às fracções consideradas mais exigentes. Dessa forma, é possível investigar a interdependência de vários parâmetros e estabelecer análises comparativas. Os resultados mostraram que, através da aplicação de medidas de reabilitação, pode-se conseguir poupanças assinaláveis de energia consumida para aquecimento. O estudo sublinha que o investimento em requalificação energética de edifícios deve ser realizado caso a caso, através de um levantamento rigoroso dos consumos energéticos de cada fracção. Finalmente foi desenvolvido um modelo financeiro que possibilita a previsão do tempo de retorno do investimento, juntamente com a análise do rácio benefício/custo para perceber a rentabilidade do investimento face à poupança total do consumo de energia. The waste of energy is one of the factors of greatest impact on the environmental imbalance that the planet is facing. Currently, in Portugal the buildings’sector consumes approximately 31% of the final energy used in the country, standing as the most important sector, immediately after transportation. Of this amount the household is responsible for about 18% of the consumption, contributing significantly to the emission of greenhouse gases. The energy consumption depends on many variables, but we can say that the principal component results from the everyday use of the buildings. Overall, the consumption comes from two conditions: intensive installations (heating and cooling, lighting, equipment, etc.) and an extremely dissipative behavior of the buildings (buildings without insulation or without thermal inertia). The housing Portuguese currently outstrips the 5.5 million dwellings, so the potential savings in this sector is very significant. This work was the study of energy rehabilitation of existing buildings by reducing energy consumption through measures to enhance the thermal environment. In fact although there is no requirement for owners to carry out works, with a view to improving the energy performance, this work demonstrates that there are objective advantages that can make that decision quite favorable. One of the arguments will be the most decisive evidence that the initial investment is recovered over a relatively short time, considering the lifespan of buildings. To understand the importance of rehabilitation energy two case studies were used as representative of current construction, housing, practiced in Portugal in recent decades. The methodology addresses the work of characterization of the energy performance of existing and accurate diagnosis of the deficiencies presented by proposing solutions for thermal rehabilitation and energy, knowing if they reduce energy consumption to the point of becoming economically and environmentally sustainable. Adopted the methodology used in the current simplified RCCTE. We considered variations of reinforcement and insulation thickness to perform simulations at fractions considered more demanding. Thus, it is possible to investigate the interdependence of various parameters and establish benchmarks. The results showed that through the implementation of rehabilitation measures, we can achieve remarkable savings of energy consumed for heating. The study notes that investment in upgrading energy efficiency building should be done case by case basis, through a rigorous assessment of energy consumption of each fraction. Finally we developed a financial model that provides the weather forecast for return on investment, along with analysis of the benefit cost ratio to realize the return on investment compared to the total savings in energy consumption.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Almeida, Manuela Guedes de
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

    Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia