Detalhes do Documento

O feedback no processo de auto-regulação das aprendizagens em matemática

Autor(es): Nogueira, Ana Emília dos Santos cv logo 1

Data: 2009

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10773/1409

Origem: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Assunto(s): Ensino da matemática; Avaliação da educação; Avaliação dos alunos; Rendimento dos alunos


Descrição
O tema avaliação continua a ser central quando se fala em educação, nomeadamente educação em matemática. Encarar a avaliação como parte integrante da aprendizagem implica privilegiar a componente reguladora da avaliação, o que continua a ser um desafio subjacente à avaliação. Aceitar a aprendizagem como principal objectivo do acto educativo, leva-nos a considerar a avaliação e a sua importância como contributo para essa mesma aprendizagem. Contudo, pôr em prática esta ideia implica mudanças significativas na cultura de escola e de sala de aula. Tais mudanças passam, necessariamente, pela intencionalidade e sentidos atribuídos às práticas dos professores, pela forma como são desenvolvidos e usados os instrumentos de avaliação, o ambiente de sala de aula, papel do professor e dos alunos no processo de ensino e de aprendizagem. Por outro lado, encarar a avaliação como parte integrante do currículo traz implicações para os procedimentos avaliativos. Tanto os objectivos curriculares como as metodologias preconizadas não nos deixam dúvidas de que a garantia de um currículo internamente coerente obriga à recolha de informações sobre as aprendizagens e dificuldades manifestadas pelos alunos através de uma diversidade de formas adequadas à diferença e natureza dessas mesmas aprendizagens. Dada a importância que se reconhece nestas linhas de acção, este estudo desenvolveu-se com o intuito principal de avaliar potencialidades e limitações do feedback, dado principalmente na forma escrita, às produções dos alunos relativas a tarefas, de diferente natureza, desenvolvidas individualmente ou em grupo, mais ou menos alargado. Para a prossecução dos objectivos propostos e tendo presente a principal finalidade desta investigação, optou-se por um estudo de caso, num contexto de investigação-acção, privilegiando-se a análise, fundamentalmente, qualitativa da informação recolhida. O estudo decorreu em ambiente académico normal, no âmbito da disciplina de Matemática, recorrendo-se também a algumas aulas de Estudo Acompanhado, de 7º ano de escolaridade, no ano lectivo 2007/2008. Para a recolha de informação, usaram-se as técnicas de inquirição, de observação e de análise documental, suportadas por vários instrumentos, tais como: dois questionários, uma entrevista semi-estruturada, diário de bordo, registo fotográfico, conversas informais e trabalhos produzidos pelos alunos. A análise de resultados permite listar pontos fortes e fracos, do ponto de vista da professora/investigadora e do ponto de vista dos alunos. A saber: o feedback escrito permite uma atitude reflexiva do aluno, não só no momento em que recebe a sua produção comentada, mas também em momentos posteriores; facilita o desenvolvimento das competências necessárias à realização de aprendizagens efectivamente significativas e da autonomia e auto-regulação das aprendizagens. ABSTRACT: The subject evaluation keeps on being central when people speak about education, namely Maths education. Facing evaluation as an integrant part of learning implies to favour the evaluation regulatory component, which still continues being an underlying challenge to evaluation. Accepting learning as the main target of the educational act, leads us to consider evaluation and its importance as a contribution to that very same learning. However, putting this idea into practise implies significant changes in the school and classroom culture. Such changes go necessarily through the intentionality and the senses assigned to the teachers’ practices, through the way as the evaluation tools, the classroom environment, the teacher’s and the students’ role are developed and used in the teaching and learning process. On the other hand facing evaluation as an integrant part of the curriculum has implications for the evaluative procedures. Both the curricula targets and the preconized methodologies, cast no doubts on the guarantee that an internally coherent curriculum lacks some information collection of the learning and of the difficulties expressed by the students through a diversity of appropriate ways to the difference and nature of that very same learning. Due to the importance recognised in these action lines, this study has been developed with the main purpose of detecting feedback potentialities and limitations, given mainly in the written form, according to the students’ productions related to tasks of different nature and developed individually or in a more or less widened group. In order to achieve the proposed targets and having in mind the main purpose of this investigation, a study case was opted, favouring basically the qualitative analysis of the collected information. The study took place in a normal academic environment, within the scope of the Maths subject, but also using some “Study Lessons” in two classes of the seventh form, in the school year 2007/2008. To gather information, inquiry, observation and documentary analysis techniques were used which were supported by several tools, such as: questionnaires, interviews, logbook, photographic record, informal talks, works done by the students. The result analysis allows to list the strong and the weak points, from he teacher’s/researcher’s point of view and from the students’ one, namely: the written feedback allows the student to have a reflexive attitude, not only in the moment he/she receives his/her commented work but, afterwards, it also makes the development of the necessary skills to the achievement of actually significant learning and of the autonomy and self-regulation of the learning easier. Mestrado em Matemática - Ensino
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Pereira, Isabel Maria Cabrita dos Reis Pires
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados