Detalhes do Documento

Micoturismo: uma opção para a serra da Estrela?

Autor(es): Costa, Kelly Minhoz Laranjo cv logo 1

Data: 2010

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10773/3835

Origem: RIA - Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Assunto(s): Gestão do turismo; Desenvolvimento do turismo - Serra da Estrela (Portugal); Desenvolvimento sustentável; Gastronomia; Cogumelos


Descrição
O Turismo tem mostrado ser uma opção válida como fonte de desenvolvimento de áreas rurais e de montanha. Parece ser a “melhor” opção que as populações destes locais têm para poder continuar a subsistir e mesmo melhorar o seu nível de vida. Por outro lado, é um facto que o Turismo pode contribuir significativamente para a melhoria do meio envolvente, ajudando a recuperar zonas degradadas e a preservar o ambiente, isto claro, quando o seu desenvolvimento visa a sustentabilidade e não apenas o lucro. A aposta em novos e diversificados produtos turísticos torna possível o desenvolvimento de certas actividades e interesses por produtos que doutra forma permaneceriam desconhecidos e pouco valorizados. O cogumelo é um destes produtos, sempre existiu, apenas não era valorizado, era praticamente ignorado por todos e quando se falava neles, a palavra usada era “receio”. Através do Turismo, é possível trazer um valor acrescentado às regiões onde o cogumelo abunda, fomentando a gastronomia, a observação e colecta nos campos e florestas, o alojamento, a criação, desenvolvimento e comercialização de produtos derivados e a cultura das gentes que habitam nos locais de abundância do cogumelo. A exploração do cogumelo pode trazer benefícios económicos às regiões onde esta ocorre, desde que se faça a correcta exploração dos recursos micológicos com vista a sua preservação. O Micoturismo desde que sustentável e sustentado é uma óptima oportunidade para Parque Natural da Serra da Estrela criar uma mais-valia para os que lá habitam, através da correcta exploração deste recurso. Tourism has proved that it is a good option as a development resource in the rural and mountainous areas. It seems to be the best option for their people to subsist and even to better their standard of life. On the other hand, everyone knows that Tourism may contribute for a region development, helping to recover the damaged areas and to preserve the environment. This happens when it aims its sustainable development and not only the profit. The wage in new and diversified touristic products provided certain interests for specific products that used to be unknown or under-estimated. The mushroom is a good example. Before it was almost ignored by everyone, and when referred it sounded like a scary product. Through the tourism, it is possible to bring an increasing value to the regions where there is a big abundance of mushrooms, promoting the gastronomy, its observation and collection in the country and in the forests. Accommodation increase and new derived products appears, as well as its commercialization, and the culture of people who live in these places. The mushroom can bring economic benefits to regions where it occurs, provided that it is proper mycological resource exploitation in order to its preservation. The mushroom tourism, as long as it is sustainable and supported, is a great deal for the Natural Park of Serra da Estrela, considering that it might be a value-added for their inhabitants, through a correct exploitation of this resource. Mestrado em Gestão e Desenvolvimento de Turismo
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Martins, Filomena Maria Cardoso Pedrosa Ferreira
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados