Detalhes do Documento

Transição tecnológica no sector fitofarmacêutico: da química à biotecnologia

Autor(es): Santos, Joana Moutinho Lima dos cv logo 1

Data: 2008

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.5/1668

Origem: Repositório da UTL

Assunto(s): produtos fitofarmacêuticos; sementes geneticamente modificadas; transição tecnológica; tecnologia química; biotecnologia; barreiras; políticas públicas; inovação; crop protection products; genetically modified seeds; technologic transition; chemical technology; biotechnology; barriers; public policies; innovation


Descrição
Mestrado em Gestão e Estratégia Industrial A agricultura tem um papel fundamental na produção de alimentos indispensáveis à vida e ao bem-estar da população mundial. Se o crescimento da população continuar como previsto, será necessário produzir mais alimentos nos próximos 50 anos do que em toda a história da humanidade. Para além deste factor quantitativo, os agricultores têm também de assegurar a qualidade dos alimentos e a preservação ambiental. A utilização de produtos fitofarmacêuticos é uma das formas utilizadas pelos agricultores para conseguirem dar resposta à crescente necessidade de alimentos. Mas perante uma sociedade cada vez mais exigente, tanto em termos quantitativos e qualitativos como em termos ambientais, o sector fitofarmacêutico vê-se confrontado com a necessidade de encontrar soluções tecnológicas inovadoras e mais eficientes. As sementes geneticamente modificadas poderão ser uma nova solução tecnológica para o sector fitofarmacêutico. No entanto, a adopção desta nova solução exigirá que as empresas fitofarmacêuticas transitem da tecnologia química, que é actualmente utilizada na produção de produtos fitofarmacêuticos, para a biotecnologia, que é utilizada na produção de sementes geneticamente modificadas. Neste estudo, admitindo que as empresas fitofarmacêuticas que operam em Portugal irão comercializar sementes geneticamente modificadas, pretende-se identificar as principais motivações e dificuldades que estas empresas irão ou já estão a sentir ao transitarem da tecnologia química para a biotecnologia. Pretende-se também identificar políticas públicas que ajudem a promover esta transição. Para atingir estes objectivos, foram realizados questionários às empresas fitofarmacêuticas portuguesas, com os quais foi possível: (1) fazer um levantamento da situação actual e expectativas das empresas face às sementes geneticamente modificadas; (2) identificar algumas características que diferenciam as empresas que comercializam apenas produtos fitofarmacêuticos das empresas que já comercializam também sementes geneticamente modificadas; (3) identificar as barreiras sentidas na transição tecnológica de produtos químicos para biotecnológicos; (4) propor algumas políticas públicas que podem ser implementadas de modo a promover esta transição. Agriculture plays an essential role in the food production channels and is indispensable for the life and well-being of the world-wide population. With the increase of the population, it will be necessary to produce more food in the next 50 years than in all the history of the humanity. And besides this quantitative demand, the farmers will also have to assure the quality of the food and the ambient preservation. The use of chemical crop protection products is one of the methods used by the farmers to increase the yield of food production. But to answer to the increasing quality and quantity demand of food, the crop protection sector has to find innovative and more efficient technologic solutions. The genetically modified seeds could be a new technologic solution for the crop protection sector. However, to adopt this new technologic solution, the crop protection companies will have to change from the chemical technology that is currently used in the production of crop protection products, to the biotechnology that is used in the production of genetically modified seeds. Admitting that the crop protection companies in Portugal will commercialize genetically modified seeds, this study tries to identify the main motivations and barriers, which these companies will have to go through, or are already going through, to change from chemical technology to biotechnology. It is also intended to identify public policies that help this technologic transition. To reach these goals, a survey was done to the crop protection companies in Portugal, with which was possible: (1) to identify the current situation and expectations of the companies regarding genetically modified seeds; (2) to identify some characteristics that differentiate the companies that only commercialize chemical crop protection products, from the companies that already commercialize genetically modified seeds; (3) to the identify the barriers in the transition from chemical technology to biotechnology; (4) to find public policies that can be implemented in order to promote this technologic transition.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Laranja, Manuel Duarte Mendes Monteiro
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo