Detalhes do Documento

Enraizamento de estacas semilenhosas de variedades de videira (Vitis vinifera L.)

Autor(es): Brazão, João do Sacramento Andrade cv logo 1

Data: 2009

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.5/1942

Origem: Repositório da UTL

Assunto(s): Vitis vinifera; grapevine; rooting; softwood cuttings; videira; enraizamento; estaca semilenhosa


Descrição
From the massal and clonal selection of grapevine developed in Portugal for the last 30 years, clones of several varieties with high genetic potential were obtained, which are currently used for multiplication to produce basic and certificate materials. In order to allow the rapid multiplication of selected clones of grapevine, this work evaluate the influence of the cutting types (basal, middle and terminal), naphthaleneacetic acid (NAA) concentrations (0, 10 and 100 mg/L) and varieties (Arinto, Malvasia Fina, and Aragonez Trincadeira) on the rooting of softwood cuttings. At the same time, this work also tried to estimate the gain in material production for the vegetative propagation of grapevine through the use of softwood cutting when compared to the classical process of multiplication. Cutting type, NAA concentration and variety have affected the percentage of rooting, and only for terminal cuttings, cuttings treated with the concentration of 100 mg/L and the variety Malvasia Fina the results were significantly lower. Finally, results have indicated that the use of softwood cuttings allowed to obtain a significantly higher number of buds/vine scions than produced by conventional process.-------------------------------------Os trabalhos de selecção massal e clonal da videira desenvolvidos em Portugal, nos últimos 30 anos, conduziram à obtenção de clones de várias castas com elevado potencial genético, actualmente em multiplicação para a produção de materiais base e certificado. Tendo em vista a multiplicação acelerada desses clones, o presente trabalho teve como principal objectivo estudar a influência do tipo de estaca (basal, média e terminal), da concentração de ácido naftalenoacético (ANA, 0, 10 e 100 mg/L) e da casta (Arinto, Malvasia Fina, Aragonez e Trincadeira), no enraizamento de estacas semilenhosas. Paralelamente, procurou-se estimar o ganho da produção de material de propagação vegetativa de videira mediante a utilização de estacaria semilenhosa quando comparado com o processo de multiplicação clássico. Os factores tipo de estaca, concentração de auxina e casta influenciaram a percentagem de enraizamento, tendo-se verificado resultados significativamente inferiores nas estacas terminais, nas estacas tratadas com 100 mg/L de ANA e na casta Malvasia Fina, respectivamente. Os resultados mostraram que a estacaria semilenhosa permite a obtenção de uma quantidade de gomos/garfos de videira significativamente superior à produzida pelo processo clássico. Mestrado em Viticultura e Enologia - Instituto Superior de Agronomia
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Amâncio, Sara Barros Queiróz; Dias, José Eduardo Jorge
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados