Detalhes do Documento

Sou tudo e não sou nada: as funções de director técnico nos organismos de apoio...

Autor(es): Sobreiro, Vanessa Liliana de Almeida cv logo 1

Data: 2009

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.5/3012

Origem: Repositório da UTL

Assunto(s): Instituições Particulares de Solidariedade Social; Gestão de recursos humanos; Profissão; Política social; Director técnico; Private Institutions of Social Solidarity; Human resource management; Occupation; Social policy; Technical director


Descrição
Dissertação de Mestrado em Política Social As Instituições Particulares de Solidariedade Social, organizações de economia social, especializadas na acção social, reflectem um papel social muito importante para o Estado, bem como para a sociedade civil. Para que estas tenham uma melhor qualidade de serviço é fundamental serem executadas por profissionais competentes e que tenham definidas as suas habilitações funcionais. Um dos requisitos para se poder alcançar este objectivo é a existência de um perfil profissional específico, com definição de funções, bem como a urgência do reconhecimento legal da profissão. É neste contexto que se realizou este trabalho cujos objectivos principais são identificar e caracterizar as competências pessoais e funcionais requeridas, as funções que executam e que se prevêem realizar, bem como o ambiente profissional em que se inserem. Para a concretização dos objectivos definidos começou-se por realizar uma revisão bibliográfica procurando definir os principais conceitos associadas à gestão das Instituições Particulares de Solidariedade Social, à Gestão de Recursos Humanos e ao papel dos Directores Técnicos. A realização deste estudo assentou na aplicação de um inquérito por questionário a treze Directoras Técnicas do concelho de Caldas da Rainha. Como principais conclusões deste trabalho salienta-se a inexistência de categoria profissional, de progressão de carreira e um progressivo aumento das responsabilidades e competências exigidas. Private Institutions of Social Solidarity, social economy organizations, specializing in social action, reflect a very important social role for the state and civil society. For them to have a better quality of service it is essential that it be performed by competent professionals and have their functional skills defined. One of the requirements in order to achieve this objective is a specific profile, with definition of tasks and the urgency of legal recognition of the profession. It is in this context that this work was held, whose main objectives are to identify and characterize the functional and personal skills required in performing the functions and are expected to perform as well as the professional environment in which they operate. To achieve these objectives a literature review was conducted to seek and define the main concepts associated with the management of Private Institutions of Social Solidarity, the Human resources Management and the role of technical director. This study relied on the implementation of a survey by questionnaire to thirteen technical director of the municipality of Caldas da Rainha. The main conclusions of this study, highlights the lack of professional category of career development and a gradual increase in responsibilities and skills required.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Cardim, José Carrasqueira
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados