Document details

Polifarmacologia e Promoção da Adesão à Terapêutica na Farmácia Comunitária

Author(s): Lopes, Joana Sofia Neves de Assunção

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10284/3562

Origin: Repositório Institucional - Universidade Fernando Pessoa

Subject(s): Adesão à Terapêutica; Doente Polimedicado; Incumprimento Terapêutico; Farmacêutico; Farmácia Comunitária; Insucesso Terapêutico; Adherence to Therapeutics; Polymedicated patients; non Adherence to Therapeutics; Pharmacist; Community Pharmacy; Therapeutic Failure


Description

A Adesão à Terapêutica constitui uma fonte de preocupação transversal a todos os profissionais de saúde. A taxa de incumprimento terapêutico é particularmente elevada no Doente Polimedicado, pela complexidade do regime terapêutico a que estão sujeitos e pelo elevado número de medicamentos que lhes são prescritos. O aparecimento de efeitos clínicos indesejáveis é prevalente neste grupo de Doentes, representado essencialmente por Idosos e Doentes Crónicos. O Farmacêutico, pela proximidade que mantém com o Doente no contexto de uma Farmácia Comunitária, deve esclarecer o Doente sobre o tratamento que lhe foi instituído e criar estratégias que garantam a sua efetividade. A adoção por parte do Farmacêutico de intervenções múltiplas e multidisciplinares, que respeitem a singularidade do Doente, permite um maior controlo de distintos problemas de saúde. Têm sido desenvolvidos vários projetos em Farmácias Comunitárias da União Europeia em que o Farmacêutico tem um contributo fundamental na redução significativa do insucesso terapêutico. O incumprimento terapêutico constitui um dos principais desafios para o Farmacêutico Comunitário como corresponsável pela terapia medicamentosa e promotor do uso racional dos medicamentos. The Adherence to Therapeutics is one of the transversal worries of every health professional. The rate of non Adherence to Therapeutics is greatly high in Polymedicated Patients on account of the complex therapeutical system they are dependent on and also because of the great number of medicines they are prescribed. Undesirable clinical effects are likely to happen in this type of Patients, essentially formed by Old People and Chronic Patients. The Pharmacist by the close relation he has with the Patient in the context of a Community Pharmacy should explain the Patient about the prescription he is going to be addicted to and create strategies able to become efficient. Different actions, adopted by the Pharmacist respecting the individuality of the Patient, makes easier a better and more efficient control of different health disturbs. Several projects have been achieved in Community Pharmacies of the European Union where the Pharmacist has a vital role to reduce the risk of the therapeutical failure. The non Adherence to Therapeutics is one of the main challenges for the community Pharmacist once he is corresponsable for the drug therapy and the promoter in the rational use of medicines.

Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Barata, Pedro
Contributor(s) Lopes, Joana Sofia Neves de Assunção
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents