Document details

O impato da utilização dos contracetivos orais nos tecidos periodontais de suporte

Author(s): Florêncio, Ana Carolina

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10284/3796

Origin: Repositório Institucional - Universidade Fernando Pessoa

Subject(s): Contracetivos Orais; Pílula Oral; Saúde Oral; Doença Periodontal; Factores de Risco; Periodonto; Periodontite; Gengivite; Hormonas Esteróides; Estrogénio; Progesterona; Mulher; Duração; Perda de inserção; Fluído Gengival Crevicular; Hormonas Sexuais Endógenas; Oral Contraceptives; Oral Pills; Oral Health; Periodontal Disease; Risk Factors; Periodontium; Periodontitis; Gingivitis; Steroid Hormones; Estrogen; Progesterone; Female; Duration; Loss attachment; Gingival crevicular Fluid; Endogenous Sex Hormones


Description

O reconhecimento da presença de recetores específicos para as hormonas sexuais, estrogénio e progesterona, na gengiva humana, fez com que o tecido periodontal passasse a ser considerado alvo potencial para as variações hormonais as quais, por sua vez, passaram a constituir possíveis fatores modificadores da resposta inflamatória inerente ao hospedeiro quando do estabelecimento da doença periodontal. Para tanto, evidencia-se o papel das hormonas sexuais na vascularização tecidual, na resposta imunitária, no perfil funcional das células próprias do periodonto, assim como, no reparo tecidual e no metabolismo ósseo. Diante desses aspectos, em razão da vasta utilização de contracetivos orais como método hormonal preferencial das mulheres no planeamento familiar, realizou-se revista na literatura para que fossem coligidos os dados mais relevantes acerca do impacto que a administração de produtos sintéticos, a base de estrogénio e progesterona, podem ter sobre o tecido periodontal. Foi realizada, assim, pesquisa na base de dados PUBMED, Sciene Direct, Bireme, Scielo, B-on e Google Académico, sem que limite temporal fosse estabelecido. Na pesquisa também foram utilizadas algumas obras literárias. Do referido trabalho, concluiu-se que as mulheres que utilizam contraceptivos orais, apresentam um aumento de perda de inserção clínica e rápida progressão da doença periodontal, decorrente do aumento da concentrações hormonais nos tecidos subgengivais, da existência de placa bacteriana, bem como, da sua utilização prolongada. The recognition of the existence of specific hormone receptors, estrogen and progesterone, in the human gingiva, has placed the periodontal tissue as a potencial target to hormonal variations, which became possible modifier factors inherent to the host’s inflammatory response when periodontal disease sets. Accordingly, the role of sex hormones in vascular tissue, the immune response, the functional profile of the periodontum’s own cells as well as in tissue repair and bone metabolism, are highlighted. Considering these aspects and due to the widespread use of oral contraceptives as a preferential method used by women in family planning, a literary review was held in order to collect the most relevant data about the impact that the administration of syntethic products, the basis of estrogen and progesterone may have on periodontal tissue. Hereby, a research was made in PUBMED, Science Direct, Bireme, Scielo, B-on and Google Académico, without any time limits. In addition, some literary works were also used in this research. In this study it has been concluded that, women who use oral contraceptives have an increased loss attachment and quick progression of the periodontal disease, due to the increase of hormonal concentrations in subgengival tissues,, the existence of bacterial plaque as well as its prolonged use.

Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Costa, Rhyna Carla da Cunha
Contributor(s) Florêncio, Ana Carolina
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents